Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Apresentações da Orquestra Ninho Musical são sucesso de público

Orquestra formada pelos participantes do Projeto Ninho Musical, edição 2019, realizou três apresentações públicas e quatro ensaios abertos

A Orquestra Filarmônica Ninho Musical, resultado do projeto Ninho Musical, uma iniciativa da Fundação Romi, que em 2019 é apresentado pelo Ministério da Cidadania, através da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Indústrias Romi e apoio cultural da Prefeitura Municipal de Santa Bárbara d’Oeste, através da Secretaria de Cultura e Turismo, finalizou suas apresentações do ano no último dia 15.

Ao todo foram realizadas três exibições públicas e quatro ensaios abertos à população de Santa Bárbara d’Oeste e das cidades em torno, levando a música orquestral para mais de mil pessoas. Os espetáculos, em distintos pontos da cidade, públicos e gratuitos, oportunizaram o acesso à cultura de forma gratuita e com acessibilidade em LIBRAS. Nas últimas apresentações, estiveram presentes intérpretes de LIBRAS, que proporcionaram a interação de pessoas que compartilham línguas e culturas diferentes a um concerto musical.

O Projeto Ninho Musical acontece desde 2010 na Estação Cultural da Fundação Romi. Durante este período já oportunizou a formação musical de orquestra a milhares de pessoas, com idade a partir de 12 anos. “Em 2020 continuaremos com o projeto. Esta edição será especial, já que completamos 10 anos de execução do Projeto Ninho Musical”, fala o superintendente da Fundação Romi Vainer Penatti. “Retornamos com nossas atividades na Estação Cultural em janeiro, e o Ninho Musical abrirá suas inscrições no primeiro mês do ano, com previsão de retorno em fevereiro”, complementa.

O maestro responsável pela coordenação pedagógica do Projeto Ninho Musical, Paulo Bellan, comenta como foram as apresentações e ensaios abertos. “Realizamos três exibições: no Tivoli Shopping, na Estação Cultural da Fundação Romi e na Igreja Matriz de Santa Bárbara e mais quatro ensaios abertos na Estação Cultural, nos meses de agosto, setembro, outubro e novembro. ”, conta o Maestro Paulo Bellan. “Conseguimos, através da prática, colocar nossos alunos músicos para mostrarem o que aprenderam e desenvolveram durante 2019. Alguns estão conosco desde 2017, mas outros chegaram este ano, e todos, brilhantemente, participaram das apresentações”, finaliza.

 

 

Sobre a Estação Cultural

 

Inaugurada em 2007, a Estação Cultural ocupa a centenária estação ferroviária de Santa Bárbara d´Oeste, revitalizada e mantida pela Fundação Romi. Em sua trajetória aproximadamente 200 mil pessoas já foram beneficiadas, gratuitamente, por meio de oficinas livres, culturais e de formação, projetos de fomento à economia criativa, de elevação do status cultural e de ações socioeducativas. A Estação Cultural é um lugar de encontros plurais e multiculturais onde a comunidade pode aprimorar a sua percepção acerca da cultura local e regional, divulgar valores, trocar vivências, adquirir conhecimentos, experimentar emoções, elaborar pensamentos, tomar iniciativas e ajudar a constituir a identidade cultural da cidade e região. A Estação Cultural da Fundação Romi está localizada na Avenida Tiradentes, 02, no Centro de Santa Bárbara d´Oeste, SP. (19) 3455-4833 ou 3455-4830. www.estacaocultural.org.br.

 

Sobre a Fundação Romi

 

Seu legado iniciou em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi. Tendo como missão promover o desenvolvimento social e humano através da educação e cultura, a Fundação Romi é pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, beneficiando mais de 30 mil pessoas, por ano, através de seus dois grandes eixos: Educação e Cultura. Mantenedora do Núcleo de Educação Integrada, sua escola de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, oportuniza a formação integral, autônoma e protagonista de crianças, adolescentes e jovens. Além disso, promove, por meio de seu Centro de Documentação Histórica, projetos de educação patrimonial para crianças do Ensino Fundamental I, para reconhecimento e conhecimento da história local como elemento de cultura e cidadania. Somado a isso, seu Centro de Documentação Histórica também realiza o Processamento Técnico da memória do município para guarda, preservação e disponibilização do acervo à população para consulta e pesquisa. Dentre as unidades da Fundação Romi também está a Estação Cultural de Santa Bárbara d´Oeste que, por meio de oficinas livres, culturais e de formação, projetos de fomento à economia criativa, de elevação do status cultural e de ações socioeducativas atende milhares de pessoas por ano. A Fundação Romi está localizado à Avenida João Ometto, 200, Jd. Panambi, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1555. www.fundacaoromi.org.br.