Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Alunos da escola estadual Brocatto encenam”Desventuras na Biblioteca” na Estação Cultural


Peça foi escrito por autor barbarense e é encenada pelos alunos do Ensino Fundamental II da Escola Estadual Profª Maria José Margato Brocatto

Dizem que a trajetória de todos é plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro. E se a ordem dos fatores for de trás para frente? Sofia, uma garota que ainda acredita em histórias, resolve começar a escrever uma, e assim começa o seu roteiro de vida. E qual será o fim disso? Com esse enredo a peça “Desventuras na Biblioteca”, de autoria do professor barbarense Vinicius Almeida, será encenada no palco Armazém da Estação Cultural, espaço da Fundação Romi, dia 18 de novembro, sexta-feira, às 16h30, com entrada franca.

O espetáculo conta a história da menina Sofia e seus amigos durante uma visita a uma grande biblioteca. Sofia está escrevendo uma história e ela é uma das poucas crianças que ainda acredita nisso. Mas os vilões das histórias surgem; eles querem transformar as linhas escritas para que finalmente possam vencer. E assim começa o duelo entre Piratas e Bruxas que pode fazer com que todas as crianças sofram eternas “Desventuras na Biblioteca”. A peça é interpretada pelos alunos do Ensino Fundamental II da Escola Estadual Profª. Maria José Margato Brocatto. O elenco conta com Debora Santos, Armando Nemesio, Mariane Rocha, Ana Carolina Mazeto, Keila Coletti, Júlia Gabriela Ramos, Liam Mateus, Bárbara Telis, Vitório Cavalheiro, Nicolas Pinheiro, Erica Garcia e Leticia Soudera. Davi Henrique e Vitória Kelyn são os responsáveis pela equipe técnica. A autoria do texto é do professor de Língua Portuguesa Vinicius Almeida.

Para Vinicius Almeida, que também exerce a função de diretor da peça, a proposta visa incentivar a leitura através da representação teatral. “Quero que o espetáculo desperte nos alunos, tanto os que participam diretamente quanto indiretamente, o interesse pela literatura e artes de um modo geral. Tento incentivá-los sempre a ter o hábito pela leitura, que é extremamente importante. Espero que o público presente também sinta essa vontade de ler e se interesse pela arte e cultura, desperte-se para a cultura”, diz o professor.

Régua de marcas:
Apoio Fundação Romi | Realização Escola Maria José Margato Brocatto

Informações: Estação Cultural, Av. Tiradentes, 02, centro, Santa Bárbara d´Oeste. 19.3455.4833. estacaocultural.org.br

ESTAÇÃO CULTURAL

Inaugurada em 2007, a Estação Cultural é resultado da revitalização da antiga estação ferroviária de Santa Bárbara d´Oeste pela Fundação Romi. A Estação Cultural é um lugar de encontros plurais e multiculturais, onde a comunidade pode aprimorar a sua percepção acerca da cultura local e regional, divulgar valores, trocar vivências, adquirir conhecimentos, experimentar emoções, elaborar pensamentos, tomar iniciativas e ajudar a constituir a identidade cultural da cidade e região. A Estação Cultural está localizada na Avenida Tiradentes, 02, no Centro de Santa Bárbara d´Oeste, SP. (19) 3455-4833. www.estacaocultural.org.br.

FUNDAÇÃO ROMI

Criada em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi, a Fundação Romi tem como missão promover o desenvolvimento social e humano através da educação e cultura. Pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, atende mais de 30 mil pessoas por ano por meio de seus quatro grandes eixos: o Centro de Vivências do Desenvolvimento Infantil (CEDIN), o Núcleo de Educação Integrada (NEI), Centro de Documentação Histórica (CEDOC) e a Estação Cultural (EC). Tendo como apoiadora a Indústrias Romi S.A., instituições governamentais e não governamentais e demais parceiros da iniciativa privada, a Fundação Romi objetiva, continuamente, atingir maior número de beneficiários por meio de suas áreas de atuação, seus programas e projetos. Av. Monte Castelo, 1095, Jd. Primavera – Santa Bárbara d’Oeste, SP. (19) 3499-1555. www.fundacaoromi.org.br.

Comentários

Dennis Moraes