24Horas Santa Bárbara d´Oeste

Zona Azul, reivindicações da Acisb serão atendidas


As reivindicações dos comerciantes levadas pela Acisb (Associação Comercial e Industrial de Santa Bárbara d’Oeste) ao Secretário de Segurança, Trânsito e Defesa Civil, Rômulo Gobbi, para a melhora da zona azul estão sendo atendidas pela empresa que administra o sistema de estacionamento rotativo no centro da cidade e pela prefeitura.

Na tarde desta quinta-feira, dia 1º, o secretário da SESETRAN apresentou algumas soluções das reinvidicações no funcionamento do sistema popularmente conhecido como Zona Azul, no município, que é coordenado pela empresa Hora Park/Estapar.

Participaram da reunião, o presidente da entidade, Roberto Bonamin, o secretário de Segurança, Trânsito e Defesa Civil, Rômulo Gobbi, além dos diretores Ricardo Betim e Mauro Padoveze representando os comerciantes locais.

Na reunião, o secretário apresentou soluções para as principais reivindicações dos comerciantes e usuários com pequenas mudanças que a empresa responsável deverá implantar na cidade nos próximos dias, como a emissão de um aviso, contendo o início e o término da contagem do período de 15 minutos de tolerância com gratuidade, para um maior controle do condutor; a cobrança escalonada por tempo excedido do limite, cuja quitação não foi realizada no ato, ao invés do valor fixo de R$ 5,00 existente hoje; além da implantação de uma cabine de consultas e esclarecimentos na Praça Central.

O secretário Rômulo Gobbi elencou as principais reivindicações realizadas pela pasta junto à Hora Park/Estapar. “Santa Bárbara conta hoje com um sistema de última geração, que é composto por parquímetros e, com algumas mudanças que ocorreram na cidade por conta de leis municipais, sempre surgem problemas de entendimento sobre direitos e obrigações dos usuários e da empresa. A Acisb propôs uma reunião de nossa pasta com a gestora e uma série de itens foram reivindicados, tais como um atendimento digno às pessoas que estacionam na área central; uso do bom senso quando o tíquete é colocado e o tempo vence; para que seja registrado, através de papel mesmo, o início e o término do período de tolerância dos 15 minutos e nós temos a grata satisfação de anunciar que muitos desses pedidos foram atendidos e estão em trâmite as suas resoluções para serem colocadas em prática”, destacou.

Gobbi explicou a mudança de uma cobrança variável pelo tempo excedido à tolerância na Zona Azul, para aqueles que não efetuarem o pagamento da tarifa no ato. “Vai funcionar assim, a pessoa que não pagou, não colocou o tíquete, obviamente ela vai ser sancionada com R$ 5,00 para poder quitar a pendência, porém, aquela pessoa que teve boa fé, inseriu o tíquete e, por um descuido, o tempo venceu, nós pretendemos que ela não pague mais esses R$ 5,00, queremos que ela pague somente o tempo que ela excedeu, por exemplo, se ela ficou dez minutos a mais, ela vai passar a pagar a taxa mínima, que é referente a 30 minutos, com um valor de R$ 1,00”, esclareceu.

O presidente da Acisb, Roberto Bonamin, avaliou de forma positiva o encontro com o responsável pelo trânsito do município. “Foi positivo tudo o que o Dr. Rômulo explanou para a gente e agora é tentar por em prática. Isso foi de encontro com todas as reclamações que temos dos usuários da Zona Azul e dos comerciantes, que estavam solicitando melhorias e eu procurei a Sesetran e eles nos trouxeram boas soluçlões, que agora, vamos ajudar a divulgar nas lojas e estabelecimentos para que todos tenham ciência dessas mudanças”, apontou.

O sistema de Zona Azul em Santa Bárbara d’Oeste, instalado em 2013, tem parquímetros distribuídos por 40 pontos do quadrilátero formado pelas ruas Riachuelo, Duque de Caxias, 13 de Maio e Joaquim de Oliveira, com mais de 900 vagas de estacionamento, funcionando de segunda à sexta-feira, das 09h às 17h e, aos sábados, das 09h às 13h. É proibido o estacionamento de motocicletas, motonetas e ciclomotores em vagas destinadas a automóveis. A circulação e operações de carga e descarga para veículos com peso bruto total acima de 3,5 toneladas permanecem sendo de segunda a sexta, das 6 às 10 horas e das 18 às 22 horas, e aos sábados no período das 6 às 10 horas e das 13 às 18 horas.

Assessoria de Imprensa – Acisb

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br