My Twitter Feed

December 6, 2016

Casa de Aço Modulações

Vôlei Brasil Kirin vence mais uma na Superliga e segue entre os líderes

Campinas - Ginásio do Taquaral - 26/11/16, Partida entre Vôlei Brasil Kirin (SP)x Bento Vôlei(RS), pela SUPERLIGA MASCULINA 2016/2017. Foto: Gabriel Inamine / Piccolo&Inamine

Gabriel Inamine/Vôlei Brasil Kirin

Mais um jogo e mais uma vitória. Na tarde deste sábado (26), no Ginásio do Taquaral, em Campinas, o Vôlei Brasil Kirin manteve a invencibilidade na Superliga Masculina ao derrotar Bento Vôlei, por 3 a 0 (25/23; 25/19 e 25/23), para 1320 torcedores, em jogo válido pela sexta rodada. O oposto Rivaldo venceu o troféu Viva Vôlei de melhor em quadra.

Com a vitória – a sexta em seis jogos-, o Vôlei Brasil Kirin segue na perseguição ao líderes, chegando aos 16 pontos. O time campineiro dá sequência a competição contra Montes Claros, na próxima quinta-feira (01), às 21h55, no Ginásio Tancredo Neves, no interior de Minas Gerais.

Na partida, a comissão técnica do Vôlei Brasil Kirin utilizou um uniforme especial, em apoio ao Novembro Azul, campanha para conscientização e prevenção ao câncer de próstata. O gesto se repetiu em todo mês de Novembro.

O JOGO – O Vôlei Brasil Kirin começou impondo seu ritmo e conseguiu dois bons bloqueios com Rivaldo e Maurício Souza logo de cara. Após ace de Vini, a vantagem campineira chegou a três pontos (12 a 9), obrigando o time gaúcho a pedir tempo. Depois da paralisação, os donos da casa se desconcentraram e Bento aproveitou para passar na frente (21 a 18). Mesmo assim, o técnico Horacio Dileo manteve a calma, colocou Krauchuk e Bonora na inversão do 5-1 e os paulistas retomaram a liderança em sequência impressionante de Diogo pelo saque (22 a 21). No final, Temponi fechou o primeiro set por 25 a 23 em largada no meio da quadra.

Em meio ao equilíbrio do início do segundo set, o levantador Jotinha usou bem as jogadas de velocidade com os centrais para abrir caminho na defesa adversária. Aos poucos, o Vôlei Brasil Kirin foi desgarrando e deixou a vantagem em cinco pontos em bloqueio de Bruno Temponi (14 a 9). O paredão campineiro seguiu funcionando bem e parou o ataque gaúcho três vezes em sequência (Vini,Diogo e Rivaldo), colocando 17 a 10 no marcador. Na reta final da parcial, Dileo fez a inversão de rede mais uma vez e os donos da casa não tiveram problemas para fechar em ataque pelo meio com Vini: 25 a 19.

Rivaldo começou o terceiro set mostrando o caminho para o Vôlei Brasil Kirin e anotou ponto com o peito, ao fazer uma defesa. Apesar do belo lance, a parcial foi bastante apertada, com dois dois times se revezando na frente do placar. Temponi puxou a boa atuação dos campineiros ao anotar dois pontos de bloqueio. A definição da vitória no set e no jogo ficou por conta de Diogo, que anotou ponto de ataque na entrada de rede e marcou 25 a 23.

VÔLEI BRASIL KIRIN
Jotinha, Rivaldo, Diogo, Temponi, Maurício Souza, Vini e Tiago Brendle (líbero). Técnico – Horacio Dileo
Entraram: Krauchuk, Bonora, Ygor Ceará e Matheus

SOBRE O VÔLEI BRASIL KIRIN
O projeto de vôlei masculino em Campinas nasceu em 2010 e desde 2013 conta com a parceria da Brasil Kirin. O time é vice-campeão da Superliga Masculina e da Copa Brasil. Além do vôlei de alta performance, o projeto conta com uma forte atuação social, com destaque para a parceria com o Instituto Compartilhar, que atualmente possui 7 núcleos, atendendo cerca de 620 crianças e adolescentes do ensino municipal com aulas de mini-vôlei no contra turno escolar, na própria escola. Ainda, as categorias de base da equipe são um reconhecido celeiro de atletas, que coleciona títulos e está sempre presente na Seleção Brasileira. As peneiras no Taquaral, sempre realizadas no fim do ano, estão entre as mais concorridas do Brasil.

Comentários

comentários

Comments are closed.