Virada 2016 terá atrações para as famílias na Biblioteca Central e Museu da Imigração


O Museu da Imigração e a Biblioteca “Maria Aparecida de Almeida Nogueira” (Central) conta com programação especial para famílias e crianças no domingo (15) da Virada Cultural Paulista 2016, em Santa Bárbara d´Oeste. Música, dança, brincadeiras, leitura, contação de histórias, palhaçadas, capoeira e teatro são as atrações para alegrar as crianças e as famílias barbarenses e da região. Para receber o evento, a Rua João Lino, cruzamento com a Rua Santa Bárbara estará interditada no domingo, das 7 às 13 horas. A rota de desvio será pela Rua Santa Bárbara.

 

Com entrada gratuita, a Virada acontece entre os dias 14 e 15 de maio durante 24 horas ininterruptas. Serão 47 atrações em cinco diferentes pontos da cidade, no CSU (Centro Social Urbano), Teatro Municipal Manoel Lyra, Biblioteca Pública Municipal “Maria Aparecida de Almeida Nogueira” (Centro), Museu da Imigração e Estação Cultural.

 

O domingo na Biblioteca Central e Museu da Imigração começa com a apresentação da FAMAM (Fanfarra Marcial Amigos) e ginástica rítmica, às 9 horas. Criada em abril de 2004 pelo regente Paulo Caetano, a FAMAM é independente e vem representando Santa Bárbara em todo o Estado, sendo umas das fanfarras mais premiadas no Brasil. As alunas da Ginástica Rítmica do União Agrícola Barbarense já se apresentaram no Desfile Cívico de 7 de setembro e no 1º Festival de Ginástica Rítmica em novembro de 2015 no Teatro Manoel Lyra.

 

Também às 9 horas, será aberta a Mostra de Fotografia “Talentos de Santa Bárbara” e acontecem as oficinas “Artesanato Sustentável” por Elisabete Padovezi, na Biblioteca, e a “Pintura sem Tinta” por Rosy Jesus Vaz, ambas em salas da Biblioteca. Para participar das oficinas, basta retirar senha no dia do evento. As vagas são limitadas a 20 pessoas por turma. As oficinas serão oferecidas em dois horários, às 9 e às 10h30.

 

A mostra “Talentos de Santa Bárbara” foi elaborada pela Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste com o objetivo de inserir a linguagem fotográfica e as artes visuais, além de sua itinerância aos demais pontos culturais da cidade, incentivando assim os profissionais de fotografia a exporem suas artes em futuros eventos. A escolha das fotografias foi pautada pelos próprios fotógrafos com imagens entregues de pontos turísticos de Santa Bárbara, arquitetônicas, contos de fadas, cotidianas, cenários e eventos culturais da cidade, além da natureza barbarense. Os fotógrafos participantes são Mariana Montrazi Claus (com participação de Naiara Silva Arruda), Gustavo Valente, Giovana Angelo, Ricardo Greggo, Anderson Junque, José Roberto Bueno, Ginel Flores, Marcel Carloni, Luís Eduardo Deffanti, Rosy Jesus Vaz e Denis Marcorin.

 

Às 9h40 está programada a apresentação do Grupo Ethios de Tetro, com Leitura Dramática para crianças da obra “Romeu e Julieta”, de Willian Shakespeare, apresentada por Marcia Willians.

 

A Oficina “Pintura sem Tinta” por Rosy Jesus Vaz conta com intervenções sobre imagens fotográficas ao público adulto. O objetivo é trabalhar a possibilidade de pintar sem tinta, por meio de colagens de materiais reaproveitados, propondo um processo criativo ao dar novos significados por meio da arte contemporânea. A técnica é desenvolvida a partir de impressões feitas das obras da autora em preto e branco, além de partes de bijouterias quebradas e sobras de tecidos para o preenchimento das imagens.

 

A Oficina “Artesanato Sustentável” por Elisabete Padovezi tem como objetivo criar nova função a peças já utilizadas. A atividade ensinará a fazer lixeiras e cofrinhos com materiais descartáveis que serão reaproveitados, transformando em arte.

 

 

Ás 10 horas, o palhaço “Pipoquinha” anima o público, interagindo com a plateia. O palhaço, atrás de uma locomotiva, está de passagem pela cidade. E para na Biblioteca e Museu da Imigração apresentando seu espetáculo “QuantAlegria”, que resgata manifestações circenses como malabarismo, equilibrismo e muita palhaçada.

 

E começa a roda de capoeira, às 10h20. O mestre Luisão, da Associação de Capoeira de Santa Bárbara d´Oeste. Conhecido em muitas escolas e eventos da região, o mestre Luisão ensina a arte e a filosofia da capoeira por onde passa, promovendo o aprendizado e a prática do esporte, contribuindo na formação da cidadania e no acesso à inclusão sócio cultural e assistencial por meio de inúmeros projetos.

 

Já às 10h50 tem “Histórias para toda Hora”, contação de histórias da Cia XekMat e Confraria do Conto, voltada ao público infantil.  Com mais de 25 anos de atuação em espetáculos e 10 anos realizando projetos de contação de histórias, a Cia Xek Mat integra a Confraria do Conto, associação de contadores de histórias com integrantes de inúmeras cidades, resgatando e a mantendo a contação de histórias e a narrativa oral, representando a Câmara Setorial de Narrativa Oral de Santa Bárbara d’Oeste.

 

O Circo Teatro Palombar, atração especial promovida pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, se apresenta às 11h40. O espetáculo “Uma Arriscada Trama de Picadeiro e Asfalto” conta a história de Dimbo, um vendedor de pipocas que tinha o sonho de ingressar no circo até que um dia se depara com uma trupe que o convida a acompanhá-los. A partir daí, ele mergulha na memória do circo levando o público através de uma narrativa divertida e envolvente.

 

Durante toda a programação, das 9 às 12 horas, as famílias poderão se divertir com o Planeta Criança, com recreação resgatando brincadeiras tradicionais, pintura facial e escultura de balões.

 

A Virada Cultural Paulista 2016 será realizada pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo em parceria com a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, com o SESC-SP, e com apoio do MIS (Museu da Imagem e do Som de São Paulo), Pensarte, Museu do Café e Cavalera.
Confira a programação atualizada completa:
CSU – CENTRO SOCIAL URBANO – AVENIDA DE CILLO, S/Nº – CENTRO
Sábado, 14 de maio

19h – Banda Old Radio

Intervalo – Tenda Workshop de Guitarra

20h – Browns Boogie – Estátua Viva

21h – Luna Maria e banda (The Voice Kids)

21h30 – Intervenção de Grafite

22h30 – Zezé Motta canta Caetano

23h59 – Marcelo Jeneci e Tulipa Ruiz
Domingo, 15 de maio

14h – Bleck a Bamba

15h30 – Tiê

17h – Vanguart

18h30 – Nação Zumbi
TEATRO MUNICIPAL MANOEL LYRA – RUA JOÃO XXIII, 61 – CENTRO
Sábado, 14 de Maio

18h – Orquestra Filarmônica Paulo Bellan

18h30 – ABERTURA OFICIAL

18h50 – Grupo Rodart por APAE Santa Bárbara

19h – Coral Municipal, Polo Guri e Coral Avencas

19h45 – Baque de Santa (Em frente ao Teatro)

20h45 – Espetáculo “N” por Cia Arte-Móvel

22h45 – Monólogos de Shakespeare – Grupo Ethos Teatro
Domingo, 15 de maio

00h30 – Stand up por Osvaldo Barros

14h – Mostra de Dança de Santa Bárbara d’Oeste pelas academias: Cia de Dança Juliana Daniel, Cia de Dança Giane Godoy, Grand Plié Studio de Dança, Cia de Dança JK, Laboratório da Dança, Arabesque Studio de Dança, Cia Dança Explosão Swingueira e Dança Icon-E Kpop.
ESTAÇÃO CULTURAL – AVENIDA TIRADENTES, Nº 2, CENTRO
Sábado, 14 de maio

19h30 – Banda Speed King

20h30 – Banda Fly End

21h30 – Banda GTC Getting’The Crime

23h30 – Banda Pavelow
Domingo, 15 de maio

00h30 – Banda Jeff The Back

1h30 – Banda Lua Nua

2h30 – Banda The Ground

3h30 – Banda Legião Urbana Cover do Brasil

7h – Corporação Musical União Barbarense

8h – Banda Forrojáh

9h30 – Clube do Samba

11h – Alto Astral
MUSEU DA IMIGRAÇÃO E BIBLIOTECA CENTRAL – RUA JOÃO LINO, 371 – CENTRO
Domingo, 15 de maio

 

9h – FAMAM (Fanfarra de Santa Bárbara) e Ginástica Rítmica União Barbarense
9h – Mostra de Fotografia “Talentos de Santa Bárbara” (Sala de Exposições do Museu)
9h – Oficinas de “Artesanato Sustentável” por Elisabete Padovezi (Sala da Biblioteca)
9h – Oficina “Pintura sem Tinta” por Rosy Jesus Vaz (Intervenções sobre imagens fotográficas ao público adulto)
9h40 – Teatro Romeu e Julieta de Willian Shakespeare (Público Infantil)
10h – Palhaço Pipoquinha (Circo)
10h20 – Associação de Capoeira Santa Bárbara d’Oeste (Mestre Luisão)
10h30 – Oficinas de “Artesanato Sustentável” por Elisabete Padovezi (Sala da Biblioteca)

10h30 – Oficina “Pintura sem Tinta” por Rosy Jesus Vaz (Sala da Biblioteca)
10h50 – “Histórias pra toda hora” – Cia Xekmat e Confraria do Conto
11h40 – “Uma Arriscada Trama de Picadeiro e Asfalto” por Circo Teatro Palombar

9h às 12h – Pintura facial e Recreação por Planeta Criança

Programação está sujeita a alterações.

Comentários