UNIÃO BARBARENSE VENCE MIRASSOL E SE MANTÉM INVICTO NO PAULISTÃO

Com boa atuação especialmente no segundo tempo, o União Barbarense não se importou com o fato de jogar fora de casa e venceu o Mirassol por 2 a 1, em jogo disputado na noite desta quinta-feira, no estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol.

Com o resultado, a equipe chegou a 4 pontos, depois de empatar em casa com o XV de Piracicaba  na estreia, enquanto o Mirassol sofreu sua segunda derrota consecutiva – já havia perdido para o São Paulo.

O time tenta agora se reabilitar novamente em casa, no domingo, contra o Corinhians, às 17h. O União Barbarense joga mais uma vez fora de casa: pega o Paulista, em Jundiaí, também no domingo, às 19h30m.

Acelerado

O jogo começou com muita correria, especialmente da parte do Mirassol, que apostava na velocidade dos atacantes Caion e Felipe Lima para surpreender a defesa rival. Mas quem surpreendeu foi o União Barbarense, que abriu o placar em sua primeira jogada de ataque: aos 9 minutos, Tadeu tocou para Cesinha, que se livrou da marcação e bateu forte, da entrada da área, sem defesa para o goleiro Diego.

Então o Mirassol aumentou a pressão, enquanto o time visitante recuou demais e não conseguia mais criar boas jogadas. O resultado foi o empate, aos 28 minutos: após boa jogada pela direita, Mineiro chutou, Walter fez grande defesa, Arnaldo cruzou e Caion marcou de cabeça.

No resto do primeiro tempo, o jogo ficou truncado, com o Mirassol um pouco melhor, mas sem criatividade e apelando apenas para as jogadas entre Caion e Arnaldo na direita, enquanto o União Barbarense apostava na ligação direta com Tadeu e Cesinha, que já não funcionava.

Na pressão

Na etapa final, o União Barbarense começou a ganhar o jogo depois das primeiras substituições. Cleverson entrou bem e deu novo ânimo à equipe, enquanto o Mirassol, com a saída do volante Alex Silva, que levou cartão amarelo, perdeu completamente o domínio do meio-campo.

Mirassol x União Barbarense - Paulistão (Foto: Milena Aurea/Agência Bom Dia)Caion foi a prijncipal arma do Mirassol durante a partida (Foto: Milena Aurea/Agência Bom Dia)

A pressão do União aumentou. Tadeu acertou a trave num chute de fora da área, e Cleverson chutou de fora da área, obrigando Diego a defender com o peito. Aos 37 minutos, a vitória: Jefferson Luiz, que havia acabado, cobrou escanteio aberto, Chicão escorou e Cleverson chutou duas vezes para conseguir marcar.

O Mirassol foi para o desespero nos minutos finais, mas, sem criatividade no meio, num péssimo dia dos armadores Camilo e Danilo Gomes, não conseguiu ameaçar Walter, a não ser numa falta cobrada por Andrezinho, aos 48 minutos. No fim, mais uma derrota para o Mirassol, que começa a se preocupar com o risco de rebaixamento, e saiu de campo vaiado pela sua torcida.

Fonte: globoesporte.com

Comentários

Notícias Relacionadas

Faltas de professores aumentam 20% em escolas de S... Segundo levantamento, é como se, na média, cada professor da rede municipal tivesse faltado 28 dias por ano O número de ausências de professores ...
Micro-ônibus é queimado em noite de ataques em Rib... Veículo particular estava parado em frente a casa de motorista. Outros dois ônibus foram incendiados após morte de homem. Um micro-ônibus de uma fáb...
Sebrae lança na próxima quarta-feira programa de i... Foco são as pequenas indústrias do município O escritório regional do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) em Piracicaba...
Continuam abertas inscrições de oficina de teatro ... Até 30 de abril, continuam abertas as inscrições de oficina de teatro para pessoas com idade a partir de 16 anos. Os encontros serão semanais, sempre ...