Tratar gorduras no sangue pode evitar infarto e derrame

Dia 8 de agosto é o Dia Nacional de Combate ao Colesterol

#sbemsp #endocrinologia

 

Obesidade, sedentarismo, alimentação abundante em gordura, estresse e tabagismo são algumas das causas do colesterol alto. Outras pessoas podem desenvolver o problema por questões genéticas e, por isso,  nem sempre a dieta é suficiente para controlá-lo. Medicações seguras e eficientes estão disponíveis e devem ser consideradas em muitas situações para que a prevenção seja eficaz.

A dislipidemia, que é a presença de níveis elevados de gorduras (colesterol e triglicerídeos) no sangue é o principal fator de risco tratável para evitar infarto e derrame.

As doenças cardiovasculares, representadas pelo infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral (AVC ou derrame), são a principal causa de morte no mundo.

Os médicos da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional São Paulo estão à disposição para conceder entrevistas sobre o tema.

 

Sobre a SBEM-SP

A SBEM-SP (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia do Estado de São Paulo) pratica a defesa da Endocrinologia, em conjunto com outras entidades médicas, e oferece aos seus associados oportunidades de aprimoramento técnico e científico. Consciente de sua responsabilidade social, a SBEM-SP presta consultoria junto à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, no desenvolvimento de estratégias de atendimento e na padronização de procedimentos em Endocrinologia, e divulga ao público orientações básicas sobre as principais moléstias tratadas pelos endocrinologistas.

Serviço:

Twitter: @SBEMSP

Facebook: Sbem-São-Paulo

http://sbemsp.org.br/

 

Comentários