Top Projects: Eliminação de filme plástico na produção reduz custos da Honda

Aluno da IBE-FGV transformou seu trabalho de conclusão de curso em melhorias para a empresa

Redução no descarte de insumos e eficiência no processo de montagem do produto final (veículo) com objetivo de reduzir custos. Esse foi o tema do trabalho de conclusão de curso do aluno de MBA em Gestão Produção e Qualidade, Leandro Meira Santos, da IBE-FGV. A boa notícia veio do time de melhorias da Honda Automóveis do Brasil, onde ele é engenheiro de qualidade. Somente com a eliminação dos filmes plásticos protetivos, na superfície do emblema FLEXone, a montadora conseguiu reduzir R$ 119.036,00 em custos, amortizados em 2016, 2017 e 2018.

 

A proteção era utilizada como medida de qualidade e para não impactar no visual da peça. “Mas, tivemos a ideia de eliminá-la quando montamos um grupo de melhoria na empresa. Na ocasião, levantamos alguns temas e esse foi o que apresentou maior redução em relação ao tempo de implantação”, conta o engenheiro. “E a maior vantagem é o custo zero”, ressalta. Segundo Leandro, o resultado final só foi possível graças ao engajamento do time que estava trabalhando para o projeto. “E o nosso maior desafio foi comprovar que a retirada do filme plástico garantiria a qualidade do produto e que o cliente final não ficaria insatisfeito”.

 

Otimista com a performance apresentada ano passado, o grupo de melhorias se juntou aos times de marketing e pós-vendas para analisar os impactos e ampliar os resultados. Uma pesquisa foi realizada nas concessionárias para apontar os impactos da retirada do filme plástico. Com respostas satisfatórias, as equipes decidiram, então, pela retirada inclusive do emblema adesivo FLEXone. “Os veículos a partir de 2016/2017 já não possuem mais, o que representará ainda mais redução de custos não somente em valores, mas também em impactos ambientais”, comemora.

 

 

O projeto completo será publicado na 4ª edição do livro Top Projects, que contempla os melhores trabalhos de conclusão de cursos, com viés em sustentabilidade, dos alunos de MBA da escola de negócio. Em 2017, a obra contará com 20 TCCs e será lançada em 29 de agosto, por ocasião da entrega do 4º Prêmio de Excelência Acadêmica, em que a IBE-FGV reconhece os 20 professores mais bem avaliados da instituição e os coordenadores de destaque, a partir da votação de alunos e colaboradores.