Brasil / Mundo Santa Bárbara d´Oeste

SPMAR transforma Rodoanel em rodovia com menor índice de acidentes fatais do Estado


Concessionária investiu mais de R$ 4,6 bilhões para melhorar a mobilidade paulista

 

A Concessionária SPMAR, responsável pela operação dos Trechos Sul e Leste do Rodoanel, completou em março cinco anos a frente da administração do Rodoanel comemorando uma importante marca: a redução no índice de acidentes que considera o número de mortes, volume de veículos e extensão da rodovia.

Nos últimos 13 anos, as estradas concessionadas do Estado de São Paulo registraram uma queda de 52% no índice de acidentes fatais (mortes por 100 milhões de veículos por quilômetro), e os Trechos Sul e Leste do Rodoanel, administrados pela Concessionária SPMAR, tiveram contribuição fundamental nesta conquista, uma vez que o índice obtido em 2015 foi o menor do estado (0,85). Em 2011, quando a Concessionária iniciou a sua administração no trecho, o índice era de 2,02, ou seja, em cinco anos houve uma redução de 58%.

 

Investimento em prevenção e mitigação de acidentes

Para a Concessionária, os baixos índices alcançados são resultados de uma política de investimento focada na prevenção e mitigação de acidentes. “A quantidade e a gravidade dos choques estão profundamente ligadas ao nível de qualidade da rodovia e a velocidade média dos veículos. Por isso, desde o início de nossa atuação em 2011, investimos em ações direcionadas à redução de acidentes, como a melhoria constante dos dispositivos de sinalização e segurança, a fiscalização e a conscientização do motorista” comenta o Diretor Executivo da SPMAR, Marcos Fonseca.

Nestes cinco anos iniciais, a Concessionária já investiu mais 4,6 bilhões em melhorias. A maior delas foi a construção do Trecho Leste do Rodoanel, uma rodovia moderna e planejada com foco na eficácia do sistema viário. Prova disso, é que desde a sua inauguração a rodovia apresenta uma baixa média de acidentes: um a cada 37 horas, sendo que em 87% as vítimas não sofreram qualquer ferimento. Em 2015, não houve acidente com vítima fatal.

Isso também fica evidente no Trecho Sul do Rodoanel, que tendo apenas seis anos de operação, já recebeu cerca de R$ 60 milhões em melhorias orientadas para a redução de acidentes. Deste total, mais de R$ 29 milhões tiveram como destino a recuperação de pavimento, R$ 10 milhões em melhorias de sinalização e outros R$ 10 milhões em implantação e recuperação de defensas, barreiras rígidas e dispositivos que ajudam a amortecer o veículo no momento do impacto.  Ainda houve mais de R$ 8 milhões em recuperação de erosão, R$ 3 milhões em recuperação de obra de artes Especiais (pontes e viadutos) e um valor superior a R$ 15 milhões em conservação de rotina.

No período, por exemplo, foram implantados mais de 1,2 milhões m2 de pavimento, recuperados outros 65 mil m², revitalizados de 160 mil m² de sinalização horizontal, instaladas e restauradas cerca de 1.000 placas representando 4,4 mil m² de sinalização vertical, recolocadas mais de 92 mil tachas refletivas, implantadas e repostas mais de 167 quilômetros de defensas metálicas e barreiras rígidas.

 

Como resultado, entre 2013 e 2015, os trechos administrados pela SPMAR tiveram uma redução nos índices de:

 

  • Acidentes (-9%): de 3,26 para 2,96 a cada 100 mil veículos;
  • Vítimas Feridas (-30%): de 0,85 para 0,59 a cada 100 mil veículos;
  • Veículos Acidentados (-16%): de 5,22 para 4,37 a cada 100 mil veículos;
  • Mortes (-24%): de 0,034 para 0,026 a cada 100 mil veículos.

 

Uma metrópole chamada Rodoanel

Os Trechos Sul e Leste do Rodoanel representam 76% do anel metropolitano de São Paulo em operação, mas nestes 60 meses, os números do Rodoanel são equivalentes aos de uma grande metrópole.

 

  • Ocorreu cerca de 180 milhões de viagens no Rodoanel, o que representa 24 vezes a frota total de veículos da cidade de São Paulo (7,6 milhões). É como se todos os veículos do Brasil (91 milhões) passassem duas vezes pela via.

 

  • Se considerar os veículos pesados (caminhões, ônibus, caminhonetes) a comparação é ainda maior. Pelas vias administradas pela SPMAR, passaram 51 milhões de veículos pesados, o que representa 47 vezes a frota da capital paulista (1,08 milhão) e 4 vezes o volume deste tipo de veículo no Brasil (13 milhões).

 

  • Mais 145 mil atendimentos a motoristas, o equivalente a população de Jaú. Destes 100 mil foram socorros mecânico e mais 16 mil atendimentos a veículos com pane seca.

 

  • Mais de 8.600 atendimentos médicos na pista, o que representa o número de atendimentos no pronto socorro do Hospital das Clínicas em São Paulo em 13 dias. Além de 6.200 atendimentos a animais.

 

  • Os veículos de operação da Concessionária percorreram mais de 6,8 milhões de quilômetros, o que daria para dar mais de 530 voltas ao redor da Terra.

 

  • Neste período, os atendentes do Centro de Controle da Concessionária atenderam mais de 183 mil ligações, o equivalente a 4 estádios do Pacaembu lotados.

 

  • 62 viaturas policiais, 2700 postes de iluminação instalados, 12 mil lâmpadas trocadas, 192 telefones instalados, 78 câmeras de monitoramento, cinco ambulâncias, 20 viaturas como guinchos, inspeção e de combate a incêndio.

 

 

SPMAR – A Concessionária SPMAR atua na administração dos Trechos Sul e Leste do Rodoanel Mario Covas, sendo responsável pela gestão de 76% do Rodoanel Metropolitano de São Paulo em operação.

 

Trecho Sul – do km 30 ao km 86 do Rodoanel Mario Covas, liga os Trechos Leste e Oeste do Rodoanel. O Trecho Sul tem acesso pelas rodovias Régis Bittencourt (entroncamento com o Trecho Oeste) no km 30; Imigrantes no km 70 e Anchieta no km 75, além da Av. Papa João XXIII, em Mauá, no km 86.

 

Trecho Leste – do km 86 ao km 130 do Rodoanel Mario Covas, liga os Trecho Sul à Rodovia Presidente Dutra. O Trecho Leste tem acesso pela via de ligação com a Av. Papa João XXIII, em Mauá, no km 86; pela Rodovia Henrique Eróles – SP066 (km 115, em Suzano); pela Rodovia Ayrton Senna – SP070 (km 124 em Itaquaquecetuba) e pela Rodovia Presidente Dutra – BR116 (km 130 em Arujá).

 

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br