RMC Santa Bárbara d´Oeste

Seminário vai revelar o papel do Terceiro Setor


Em meio à crise, especialista acredita que OSCs podem alavancar a economia do Brasil

 

Que a maré não está a favor da maioria das empresas do país, isso os brasileiros já sabem, contudo, o palestrante Takashi Yamauchi, que o Instituto de Educação e Meio Ambiente (IEMA) trará para Nova Odessa (SP), na próxima segunda-feira (24), vai falar sobre a possibilidade das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) alavancarem a economia do Brasil.

“O Papel do Terceiro Setor” é o tema do seminário que o especialista na área irá ministrar, com o objetivo de apontar o valor das entidades para o universo corporativo. O evento, que será realizado no Centro Cultural do Jardim Botânico Plantarum, das 15h às 17h, é voltado a gestores de associações, fundações, igrejas, sindicatos, profissionais de responsabilidade socioambiental, contadores, auditores, advogados, organizações de classe patronal e trabalhista, empresários em geral e Poder Público municipal. O IEMA tem Takashi como consultor desde quando foi fundado, em 2014.

Como sua causa é disseminar o conhecimento para atender o interesse público, o instituto ministrou, em fevereiro deste ano, o “1º Seminário do Terceiro Setor de Nova Odessa”, que focou nas relações entre o Governo e as OSCs. “Minha palestra, que foi realizada em parceria com a prefeitura da cidade, abordou a Lei Federal 13.019/2014, que exige das organizações sociais maior profissionalização e transparência, principalmente quando seus projetos são financiados pelo Poder Público. Já o seminário do senhor Takashi revelará a importância das entidades para o setor empresarial”, afirma a presidente do IEMA, Ana Lúcia Maestrello de Micheli.

A nova Lei Federal, que deveria ter sido vigorada em julho deste ano, foi adiada para 1º de janeiro de 2016. “Essa legislação prevê a questão da improbidade administrativa, assim sendo, os políticos que repassarem recursos para entidades que não estejam enquadradas no Marco Legal vão tornar-se inelegíveis, por isso que o Governo a prorrogou, exatamente para que as organizações sociais se regularizem”, informa o palestrante.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), estima-se que existam cerca de 400 mil entidades no país, sendo que 95% delas apresentam irregularidades. Dessas instituições, 72,2% não possuem sequer um colaborador formalizado, apoiando-se em trabalho voluntário e prestação de serviços autônomos.

Por sua vez, segundo pesquisadores da John Hopkins University, dos Estados Unidos, o Terceiro Setor é a oitava força econômica mundial, movimentando 1,1 trilhão de dólares por ano e gerando aproximadamente 19 milhões de empregos formais.

“As entidades podem suprir necessidades ou complementar trabalhos dos setores público e privado, o que justifica sua força social e econômica”, ressalta Ana.

Serviço

Seminário: O Papel do Terceiro Setor

Palestrante: Takashi Yamauchi

Local: Jardim Botânico Plantarum – Av. Brasil, 2000, Nova Odessa.

Dia e Horário: 24/08/2015, das 15h às 17h.

Realização: Oscip IEMA, Apto e Apoio Brasil.

Inscrição: 1 lata de leite em pó, que será doada para uma organização de assistência social novaodessense (observação: as 60 vagas disponíveis já foram preenchidas).

 

Mais informações: Takashi – (11) 4327-0239 ou sp@apto.org.br

Ana – (19) 98376-8000 ou analucia@oscipiema.org

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br