Secretaria de Saúde de Iracemápolis firma parceria com empresa privada


SECRETARIA DE SAÚDE FIRMA PARCERIA COM EMPRESA PRIVADA E OFERECE WORKSHOP BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO

Por meio de uma parceria realizada entre a Secretaria de Saúde e a empresa de consultoria Eysen Comércio e Serviços Ltda, a Prefeitura vai oferecer um workshop gratuito para empresas de Iracemápolis que atuam na área de alimentação. A parceria foi firmada nesta segunda-feira, dia 22, durante reunião realizada com representantes da empresa.

 

O evento “Boas Práticas de Fabricação” será no dia 21 de março, das 9h às 12h, na Câmara Municipal. Na ocasião, os proprietários dos estabelecimentos e seus funcionários terão informações sobre os principais pontos de pontos de atenção encontrados nas estruturas de seus estabelecimentos, a fim de encontrarem soluções para que possa estar todos de acordo saúde pública. Além disso, os participantes saberão também a importância da padronização dos procedimentos internos para garantir a redução de custos e consequentemente poderem passar pela crise sem grandes impactos.

 

O workshop é totalmente gratuito e destinado apenas para proprietários de estabelecimentos de Iracemápolis. Para participar é preciso fazer inscrição com Eliane Raetano pelo telefone 3456-3867 ou pelo email cms-iec@saude.iracemapolis.sp.gov.br .

 

 

SOBRE A EMPRESA

A Eysen tem como um de seus principais objetivos disseminar aos empreendedores e proprietários de fábricas de alimentos, a importância da padronização dos procedimentos internos para garantir a redução de custos e consequentemente poderem passar pela crise sem grandes impactos. Uma das soluções propostas pela empresa é que esses empreendedores estejam “sentados sobre o caixa”, para garantir o bom fluxo, reduzindo os desperdícios.

 

O trabalho desenvolvido pela Eysen Consultoria estabelece os procedimentos operacionais necessários, com base no que a empresa já produz como também realiza adequações necessárias antes de padronizar.

 

Desta forma a regularização de funcionamento, exigido pela Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária, se torna uma consequência do trabalho realizado, cujo qual foca as Boas Práticas de Fabricação (BPF), bem como os Procedimentos Operacionais Padronizados (POP), ambas exigências da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

 

Comentários