Santa Casa de Capivari registra aumento de serviços no primeiro semestre de 2017

Um balanço divulgado pela diretoria da Santa Casa de Capivari nesta segunda-feira, 17, aponta crescimento em diversos serviços realizados pela entidade no primeiro semestre de 2017. Neste ano, os atendimentos ambulatoriais, que são as consultas antes das cirurgias, aumentaram em 25%, se comparado com os seis primeiros meses de 2016. As cirurgias ambulatoriais – os procedimentos mais simples, como retirada de verrugas, aumentaram em 80%, também no mesmo período.

 

Cirurgias eletivas aumentaram em quase 70% e cirurgias de emergência cresceram 80% no primeiro semestre, comparando com o mesmo período do ano passado. Os números do Pronto-Socorro estão quase maior 5% em 2017, quando 35.650 atendimentos foram realizados. Além disso, este ano entidade passou a oferecer a especialidade de otorrino no rol de cirurgias realizadas.

 

Os repasses também tiveram aumento em 2017. O valor que a Prefeitura destina ao Pronto socorro subiu quase 11%, ultrapassando os R$2 milhões. No primeiro semestre de 2016, esse valor foi de pouco mais de R$1,8 milhão. A Subvenção do executivo, repassada ao hospital para realização de cirurgias e procedimentos, aumentou cerca de 21% em 2017. A quantia encaminhada para a Santa Casa neste ano foi de quase 1,5 milhão. Em 2016, esse valor foi de R$1,2 milhão.

 

Porém, a verba do Sistema Único de Saúde, o SUS, teve um crescimento mínimo, de cerca de 1%. O valor do repasse aumentou apenas R$ 23.238,00 do ano passado para este.

 

De acordo com o prefeito de Capivari, Rodrigo Proença, a Prefeitura aumentou os repasses para que a Santa Casa tenha melhores condições de atender a população. “Saúde é o um dos setores que levamos a sério, com investimentos e melhorias contínuas. Mesmo com a queda na arrecadação, aumentamos os valores repassados para que o hospital consiga atender com qualidade aqueles que procuram seus serviços”, disse

 

Comentários