Rafael Macris sugere implantação do Programa “Saúde Já”

O vereador Rafael Macris (PSDB) indicou ao poder Executivo que realize um programa de credenciamento de consultórios e clínicas nas mais diversas especialidades para prestarem atendimento à população, complementando a rede pública de saúde, para que seja reduzida a grande demanda reprimida de consultas, instituindo assim o Programa “Saúde Já”.

 

O parlamentar vem tratando deste assunto desde o começo do ano, quando visitou secretário de Saúde de São Paulo, Dr. Wilson Pollara, que solucionou o problema no atraso dos exames médicos através de parceria, o chamado “Corujão da Saúde”. “Sabendo que a prefeitura não pode realizar concurso para a contratação de médicos, fui até a Secretaria de Saúde de São Paulo falar com o (Wilson) Pollara e conhecer o excelente trabalho realizado, solucionando o problema na fila de exames”, falou Rafael.

 

Segundo o vereador, esse convênio com as clínicas e consultórios do município solucionará esse grande problema enfrentado na saúde, diminuindo a fila de espera. “Faço um apelo para que seja aplicado esse credenciamento. Tenho certeza que o município de Americana tem condição de realizar uma espécie de “corujão”, para que essa demanda reprimida seja atendida. A administração é capaz de solucionar esse problema através de um convênio com a iniciativa privada, para que esses profissionais possam atuar de forma complementar ao sistema de saúde do município”, completou.

 

Em Americana, são mais de 35 mil consultas na fila de espera em diversas especialidades, como por exemplo: cardiologia (2.973), cirurgia geral (264), cirurgia vascular (1.417), dermatologia (4.445), endócrino (1.701), gastroenterologia (1.300), nefrologia (120), neurologia (2.541), neuro-cirurgia (636), oftalmologia (3.501), ortopedia (3.890), otorrinolaringologia (4.463), pequena cirurgia (740), reumatologista (810), pneumologia (300), prevenção próstata (2.800), ecodopler cardíaco (733), ecodopler venoso (904), eletrocardiograma (30), ultrassom (625) e teste ergométrico (840).