Quantidade correta de caixas de areia para cada gato

A higiene é uma característica forte nos gatos. Eles não conseguem deixar suas fezes à mostra e não ficam tranquilos enquanto não as enterram. Por isso, um dos primeiros cuidados que se deve ter ao adotar um animal é providenciar a caixa de areia para gato.

 

Mas geralmente, quando chega a hora de comprar os acessórios para o novo membro da família, é normal surgir aquela dúvida: quantas caixas precisa ter? Se tenho mais de um gato, uma caixa é suficiente? Precisa de uma para xixi e uma para as fezes?

 

Confira algumas dicas do médico veterinário da Naturalis e Gerente Técnico Nacional da Total Alimentos, Marcello Machado:

 

Quantas caixas de areia devo ter em casa?

Entender o comportamento do gato é um dos principais cuidados para saber o que ele precisa. Saber que os felinos possuem instinto territorialista já dá uma pista importante sobre as preferências dele e seus hábitos. Cada felino precisa ter a sua própria caixa de areia, compartilhar o mesmo espaço não é um dom do seu companheiro e não será diferente na hora de fazer suas necessidades.

 

O recomendado é que você tenha 1,5 caixa de areia para cada gato. Sendo assim, se tem um animal, providencie duas caixas higiênicas; se tem dois, cuide de deixar três caixas à disposição dos seus companheiros. Seguindo essa regrinha, não tem como errar.

 

No que diz respeito à separação de uma caixa para xixi e uma para as fezes, você pode fazer um teste logo que seu pet chegar em casa. Alguns gatos não ligam e outros só aceitam se tiver caixa separada.

 

Dicas para fazer seu gato usar a caixa de areia

Muitas vezes, seu gato para de fazer as necessidades na caixa de areia e você precisa descobrir o motivo dessa mudança para correr atrás. Existem algumas dicas que irão ajudar você a estimular seu amigo para usar seu banheirinho. Fique atento:

 

  • Nunca mude a caixa de areia de lugar – se você fez isso recentemente, pode ficar certo de que foi por isso que o animal mudou o hábito. Para resolver, basta retornar a caixa ao lugar de costume.
  • Cuidado com o local onde deixa a caixa higiênica – se o animal não usou a caixa de areia em nenhum momento, pode ser que o problema esteja no local em que ela está. Mude e observe a reação do gato. Uma dica é para nunca colocar a caixa próxima ao pote de ração; seguindo os instintos naturais, o felino nunca fará suas necessidades perto de onde come.

 

 

  • Mantenha a caixa de areia sempre limpa – os gatos são extremamente higiênicos e, por isso, não aceitarão fazer suas necessidades se a caixa estiver suja. Sendo assim, faça a limpeza todos os dias ou sempre que puder. Tenha atenção para trocar regularmente a areia higiênica

Notícias Relacionadas

Vacinação Antirrábica segue na zona rural em Santa... Vacine o seu animal contra a raiva. A Campanha de Vacinação Antirrábica segue, de segunda a sexta-feira, na zona rural de Santa Bárbara d’Oeste. A par...