RMC 

Projeto Guri encerra o ano com audição especial conjunta em Nova Odessa

Grupo de alunos do programa sociocultural realizou apresentação após a Orquestra de Santa Bárbara

 

Uma apresentação de gala encerrou o semestre do Projeto Guri em Nova Odessa, na noite da quarta-feira (28). Parte dos mais de 130 alunos do polo local realizou um concerto especial no Teatro Municipal Divair Moreira, após se apresentarem 43 dos membros da Orquestra Filarmônica ‘Ninho Musical’, de Santa Bárbara d’Oeste. O convite para a vinda dos músicos da cidade vizinha se deve às comemorações de 200 anos do município barbarense.

Maior programa sociocultural brasileiro, o Projeto Guri é realizado pela Secretaria de Cultura do Estado em parceria com a Prefeitura e apoio da CCR AutoBAn. As matrículas para os cursos gratuitos de música estão abertas até o dia 5 de dezembro na cidade, que tem vagas para Iniciação Musical (4), Violino (8), Viola Erudita (4), Canto (12) e Contrabaixo Acústico (1), para jovens entre seis e 18 anos.

Para efetivar o cadastro, os interessados devem comparecer ao polo onde desejam estudar, acompanhados dos responsáveis, portando RG ou certidão de nascimento e comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar referente ao primeiro semestre de 2019. Não é preciso ter conhecimento prévio de música nem possuir instrumentos, tampouco realizar testes seletivos.

As aulas começam de acordo com a data de inscrição de cada aluno. A Regional Jundiaí, a qual Nova Odessa está vinculada, tem 812 vagas disponíveis nos polos. São ofertadas 138 vagas para a cidade, mas a maioria é preenchida com a rematrícula dos alunos. A prioridade no preenchimento é dos jovens com menos de 18 anos e já inscritos no projeto.

A audição especial foi acompanhada pelo diretor de Cultura e Turismo, Cícero Edno, pela coordenadora do Polo de Nova Odessa do Projeto Guri, Rubiana Salvador, pela primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade do município, Andréa Souza, e pelo chefe de Gabinete da Prefeitura, André Faganello, representando na ocasião o prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza.

“É um projeto maravilhoso, que beneficia tanto na musicalização como a parte social na vida dessas crianças”, destaca Andréa Souza. Agora houve mudanças nas faixas etárias do projeto. Para instrumentos como Violino, Viola Erudita e Violoncelo, passou de 8 para 10 anos a idade mínima, e para Contrabaixo Acústico, 12. A Iniciação Musical é para crianças de 6 e 7 anos, e Canto e Coral, a partir de 8 anos.

O projeto é contínuo e, desse modo, os participantes somente deixam de fazer parte quando completam 18 anos. A inscrição deve ser realizada na rede do Projeto Guri – Rua Sumaré, nº 278, no Jardim Eneides – de segunda e quarta-feira, das 13h30 às 17 horas. Outras informações podem ser obtidas no site (www.projetoguri.org.br) ou pelo telefone (19) 3466-2296.

 

Comentários
Compartilhar

Leia também...