Programa “Saúde sem Tabaco” promove primeira reunião terapêutica de 2018

Determinação e apoio para abandonar o vício. Com a participação de 24 pessoas foi realizada na segunda-feira (19) no CEO (Centro de Especialidades Odontológicas) a primeira reunião terapêutica do Programa “Saúde sem Tabaco” em 2018. Promovidos pela Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, os encontros visam ajudar as pessoas a deixarem de fumar e ocorrem todas às segundas-feiras. As reuniões terapêuticas seguirão pelas próximas três semanas.

O grupo iniciou seus trabalhos em janeiro, quando foi realizado o acolhimento com preenchimento das fichas e aplicação de testes para avaliação do grau de dependência à nicotina e motivação de cada participante. Nesta primeira etapa foram trabalhados os temas “dependência do tabaco”, “como ele age no organismo e seus malefícios”. Na sequência os pacientes foram encaminhados para consulta médica e avaliação bucal para prosseguimento das atividades nas reuniões terapêuticas.

Mais de 50% param de fumar

Em 2017 o Programa “Saúde sem Tabaco” atendeu 108 pessoas, com quatro grupos realizados no decorrer do ano. Desse total, 60 deixaram de fumar ao término da participação, o que representa um percentual de mais de 55%. O Inca (Instituto Nacional do Câncer) preconiza que entre 40 e 50% do total de participantes devem deixar de fumar ao término da participação em programas e grupos antitabagismo.

O programa em Santa Bárbara tem coordenação do médico Antônio Detoni, além de uma equipe multidisciplinar, que oferece gratuitamente apoio médico, odontológico, psicológico, farmacêutico e de assistência social para os participantes. Os profissionais envolvidos foram todos capacitados pelo CRATOD (Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas) em São Paulo. Os interessados em se inscrever para os próximos grupos devem procurar a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima à residência.

Comentários