24Horas Brasil / Mundo Santa Bárbara d´Oeste

Programa Estrada para Saúde, da CCR AutoBAn, atende 16 mil caminhoneiros em 2015


Número representa recorde de atendimentos desde a criação do posto fixo do programa, em 2006. (Foto: Marcos Peron)

 

Quase 16 mil caminhoneiros foram atendidos pela equipe do Programa Estrada para Saúde em 2015, recorde desde a implantação do posto fixo programa, em agosto de 2006. No acumulado (a partir de 2006) cerca de 95 mil caminhoneiros já passaram pelas instalações físicas do programa, no km 56 da pista sul da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), em Jundiaí.

 

De acordo com o coordenador médico, Mário Jorge de Castro Kodama, além dos usuários frequentes do programa – ou seja, os caminhoneiros que rotineiramente utilizam os serviços do Estrada – o ano de 2015 foi marcado por um aumento considerável de novos usuários. “O programa se consolida a cada ano e, à medida que os caminhoneiros percebem o bom atendimento e os benefícios, indicam aos colegas”, conta Mário Kodama.

 

Para o coordenador médico da CCR AutoBAn, Mário Jorge de Castro Kodama, o resultado do ano passado representa um aumento de praticamente 25%  em relação a 2013, quando foram 12.745 profissionais atendidos. “Os caminhoneiros estão cada vez mais preocupados com a saúde e crescimento da participação destes profissionais no nosso programa é resultado disso”, considera o coordenador médico.

 

No Estrada para a Saúde, a CCR AutoBAn oferece uma série de serviços aos caminhoneiros, todos gratuitos. Para utilizar, basta comparecer à sede do programa e preencher uma ficha cadastral. A partir dela, os profissionais do Estrada fazem, a cada visita do caminhoneiro, um acompanhamento da condição de saúde do usuário e, a partir dela, oferecem orientações.

 

Em 2015, os serviços mais utilizados pelos caminhoneiros foram: corte de cabelo,  enfermagem (tipagem sanguínea + fator Rh, testes de glicemia, colesterol, triglicérides, e aferição da pressão arterial) e massagem bioenergética. O programa oferece ainda consulta odontológica (tratamento preventivo, limpeza e restaurações), cuidado com os pés (podologia), teste de acuidade visual e acesso gratuito à internet. Os atendimentos são feitos por ordem de chegada, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h30 e das 13h30 às 21h30.
Índices

Todos os atendimentos realizados pela equipe do Programa Estrada para Saúde são inseridos em um banco de dados. A análise das informações oferece um quadro geral da condição de saúde dos profissionais e permite, ainda, estabelecer estratégias para auxiliar os caminhoneiros a melhorarem a qualidade de vida. Por isso, ao longo de todo o ano, os profissionais do programa oferecem palestras temáticas – sobre colesterol, diabetes, alimentação saudável, por exemplo – e orientações permanentes durante os atendimentos.

 

Em 2015, 87% dos caminhoneiros que foram atendidos apresentaram o Índice de Massa Corporal (IMC) alterado, ou seja, estavam acima do peso. Este número, explica o coordenador médico da CCR AutoBAn, é resultado da rotina dos caminhoneiros, que na maioria das vezes não realizam atividades físicas ou se alimentam mal. “Nós identificamos que 85% dos caminhoneiros que atendemos em 2015 não praticam atividades físicas regulares. A falta de exercícios físicos, aliada a uma alimentação inadequada, contribui para que os caminhoneiros tenham este quadro de sobrepeso”, considera Kodama. “Quando observamos situações como essas – que são bastante frequentes – orientamos o caminhoneiro a adequar a alimentação e praticar exercícios físicos com maior regularidade, durante as paradas para descanso, utilizando a estrutura do próprio caminhão.”, exemplifica. “Também falamos sobre o impacto da ingestão de alimentos muito gordurosos, que além de serem de difícil digestão, aumentam a sensação de sono, o que prejudica o desempenho dos caminhoneiros enquanto dirigem”, finaliza.

 

Além do sobrepeso, os profissionais do Estrada para Saúde também identificaram, a partir de testes rápidos, que aproximadamente 60% dos caminhoneiros atendidos apresentaram algum tipo de alteração visual. “A boa visão é fundamental para qualquer motorista, ainda mais para caminhoneiros. Com este serviço, nós auxiliamos estes profissionais, uma vez que a rotina das estradas dificulta a realização deste tipo de exame”, completa Kodama.

 

O Estrada para a Saúde

Atenta às dificuldades do caminhoneiro para cuidar da saúde e aos riscos de acidentes decorrentes de problemas como o sono e a automedicação, a CCR AutoBAn inaugurou o posto fixo do programa Estrada para a Saúde em agosto de 2006. O programa funciona em um moderno Centro de Atendimento de 260 m² instalado na Área de Descanso do Caminhoneiro, no km 56 da pista sentido Interior-Capital da Rodovia dos Bandeirantes, junto ao Posto de Serviços Graal, em Jundiaí. O projeto tem parceria com a Rede Graal e Interodonto.
Serviços oferecidos

Serviços de saúde: testes de diabetes, triglicérides e colesterol, acuidade visual, medições de pressão arterial e do Índice de Massa Corporal (IMC), tratamento dentário preventivo

Outros serviços: Corte de cabelo, massagem bioenergética, cuidados com os pés (podologia), acesso à internet.


Programa Estrada para Saúde

Centro de Atendimento ao Caminhoneiro – km 56 da Rodovia dos Bandeirantes – pista sul (sentido interior-capital)
Horário de atendimento: segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h30 e das 13h30 às 21h30.

 

Conheça a história de Catarina, caminhoneira atendida pelo Programa Estrada para Saúde

 

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br