Prefeitura retira três caminhões de entulhos do Residencial Fibra em Nova Odessa

A Prefeitura de Nova Odessa, através da Secretaria de Meio Ambiente e da Diretoria de Serviços Urbanos, retirou três caminhões de entulhos do Residencial Fibra na última sexta-feira, dia 14. Esta semana, a ação de limpeza será realizada em outros pontos da cidade.

 

“Temos intensificado nossa fiscalização e as ações de limpeza, bem como nossos programas de conscientização, mas infelizmente ainda nos deparamos com pessoas que desrespeitam a lei e o meio ambiente e despejam entulhos em locais proibidos”, explicou a diretora de Meio Ambiente, Fernanda Dagrela.

 

“Temos notificado e multado os infratores e, caso não obedeçam a notificação de limpeza, realizamos o serviço e cobramos o valor”, continuou.

 

Diretor de Serviços Urbanos, Helio Brito de Jesus afirmou que as equipes têm atuado em diferentes pontos da cidade com objetivo de limpar os locais. “Na última sexta-feira nossa equipe esteve no Residencial Fibra e retirou três caminhões de entulhos do local. Estamos com um cronograma para atender toda cidade”, afirmou.

 

A diretora de Meio Ambiente lembrou que a cidade conta com legislação própria que coíbe o despejo de lixos e entulhos e que as multas para quem for flagrado. “Mesmo tendo locais apropriados para o descarte, a própria população acaba transformando alguns locais em depósitos de entulhos, descartando todo tipo de material, inclusive na calçada, prejudicando o tráfego de pedestres”, disse.

 

LEGISLAÇÃO – A lei municipal 2.883/14 proíbe o descarte irregular de lixo e queimadas nas ruas. Quem for flagrado descumprindo a lei é notificado sob pena de multa que varia de R$ 500 a R$ 5 mil. Além disso, caso o responsável não promova a limpeza do local, tem acrescido ao valor o custo da operação de retirada.

 

Em Nova Odessa, o descarte de entulhos pode ser feito no EcoPonto, que fica na esquina das ruas Vilhelms Rosenbergs e Aristides Réstio, no Jardim Monte das Oliveiras. Podem ser descartados materiais recicláveis (papel, papelão, plástico, vidro, metal, isopor) limpos (sem restos de comida ou resíduos orgânicos), entulhos (resíduos da construção civil, devidamente separados, até 1m3/gerador/dia), madeiras e móveis usados (guarda-roupa, sofá, mesa, colchões, etc), restos de poda, óleo de cozinha (devidamente embalado em garrafa PET), roupas usadas, eletrônicos (televisão, computadores, monitores, celulares, carregadores, telefones, etc) e pneus (até 4 unidades/gerador/dia).

 

Não podem ser descartados: resíduos orgânicos (restos de alimentos, bebidas, de sanitários); resíduos hospitalares e farmacêuticos; animais mortos; resíduos perigosos; resíduos industriais; lâmpadas fluorescentes; pilhas e baterias. O local funciona diariamente, das 7h às 19h.

 

A cidade conta ainda com três LEVs (Locais de Entrega Voluntária) no Parque Izidoro Bordon, Bosque Manoel Jorge e na Rua Manaus, no Jardim São Jorge, e um PEV (Ponto de Entrega Voluntária) na Praça Central José Gazzeta, que funcionam 24h e recebem materiais recicláveis como papel, papelão, plástico, vidro, metais e isopor. Assim como no Ecoponto, nos LEVs e PEV não podem ser descartados restos de alimento, animais mortos, resíduos hospitalares, restos de podas de árvore e entulhos.

 

Posted Under