Prefeitura firma parceria com o TRE para recadastramento biométrico em Iracemápolis

Novo método amplia segurança em dias de eleição

 

O prefeito Fábio Zuza esteve em São Paulo para tratar sobre a implantação do sistema de biometria em Iracemápolis. A medida visa ampliar a segurança das pessoas em dias de eleição, pois o uso da ferramenta, uma recomendação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), amplia a confiabilidade na votação.

O prefeito esteve acompanhado da chefe do Cartório Eleitoral de Cordeirópolis, Fernanda Cristina Rocha, da funcionária do Posto de Atendimento de Iracemápolis, Maria Benedita Neves, e da presidente da Câmara, Elaine Alves. A reunião aconteceu na sede do TRE no último dia 11.

A partir das próximas eleições, a urna eletrônica terá um sistema de identificação por meio da impressão digital. Isso evitará, por exemplo, que uma pessoa vote no lugar da outra.

Para que sejam colhidas as digitais, os eleitores precisarão se recadastrar. Em breve, será preciso ir até o cartório eleitoral e registrar as impressões dos dedos da mão.

Em Iracemápolis, o serviço já era para estar funcionando desde setembro de 2015. Porém, na época, não foram seguidas as solicitações exigidas para a implantação do sistema.

O problema foi resolvido este ano por meio do deputado Celino Cardoso, que também esteve presente na reunião no TRE. Cardoso viabilizou uma entrevista com o presidente do órgão, o desembargador Carlos Eduardo Padin, e com a diretora geral, Jade Prometti, que receberam as autoridades locais para tratar sobre o assunto.

 

Foto: Celino, Elaine, Padin (desembargador) e prefeito: reunião aconteceu na sede TRE

 

Comentários