Piracicamirim terá primeira academia inclusiva da cidade

Equipamento poderá ser utilizado por cadeirantes e deficientes visuais. Foto: Divulgação/Sedema

 

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), anunciou nos últimos dias a formalização de contrato para a aquisição de um conjunto de equipamentos para a instalação da primeira academia inclusiva em Piracicaba.

Os frequentadores cadeirantes ou não podem utilizar os sete equipamentos para condicionamento físico, que trabalham os principais grupos musculares, no mesmo espaço. Os equipamentos híbridos representam um avanço na área da atividade física, encampando características de máquinas convencionais e adaptadas em um só aparelho.

Outra novidade é a indicação também para deficientes visuais. Na placa de cada aparelho constam inscrições em Braille, detalhando o tipo do equipamento e os músculos que trabalham. Deficientes visuais podem utilizar todos os equipamentos e os cadeirantes, os equipamentos que trabalham os membros superiores.

Com contrato no valor de R$ 32.500, de 19/10/2017, segundo o engenheiro Márcio Antônio Maruko, da Sedema, a empresa Ursus Indústria e Comércio de Produtos Eirelli Me terá prazo de 30 dias para a entrega dos equipamentos.

Este conjunto de equipamentos deverá ser instalado no Parque do Piracicamirim, mas antes disso, a Sedema deverá adequar o local para recebê-los. A previsão para o término é final de janeiro de 2018.

Este conjunto é composto por sete equipamentos: máquina de abdominal, puxada alta, bíceps, tríceps, supino, remada e ainda torre de bicicleta.

De 2009 até agora, a Prefeitura já instalou 65 academias ao ar livre, em diferentes bairros da cidade. Destas, duas são destinadas a pessoas com necessidades especiais.  

O compartilhamento de espaços e equipamentos propicia a verdadeira inclusão, possibilitando a convivência entre pessoas com e sem deficiência e atendendo as disposições da Lei 13.146/2015 (Estatuto da Pessoa com Deficiência).

Além disso, com o investimento social da Prefeitura neste novo tipo de equipamento diferenciado, a Sedema espera ampliar ainda mais a oferta para que mais pessoas tenham acesso às áreas destinadas ao lazer e promoção à saúde.