Brasil / Mundo Política

PF instaura inquérito para apurar ataque contra Bolsonaro

Foto: Internet

A Polícia Federal (PF) instaurou inquérito para apurar o ataque contra o candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro, ferido durante um ato de campanha, na tarde de hoje (6), em Juiz de Fora (MG).

Em nota, a PF confirmou que o homem suspeito de ter esfaqueado o candidato, Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi detido por populares e seguranças e conduzido por policiais federais para a Delegacia da Polícia Federal em Juiz de Fora (MG), onde está prestando depoimento. Antes de ser retirado do local, o suspeito chegou a apanhar de pessoas que acompanhavam o evento.

Bolsonaro era carregado por populares quando foi atingido por um objeto perfurante. Além de seguranças particulares, o candidato era escoltado por policiais federais que o levaram para o Hospital Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora.

Imprensa internacional repercute ataque a candidato Jair Bolsonaro

A imprensa internacional repercutiu o ataque a Jair Bolsonaro hoje (6) em Juiz de Fora (MG). O candidato do PSL fazia atividade de campanha no centro da cidade mineira quando foi atingido com uma facada. O suspeito já foi preso pela Polícia Militar.

O portal do grupo de mídia pública britânico BBC noticiou o fato sem destaque na página inicial. O texto dá um breve relato do ocorrido, destacando o candidato como líder nas pesquisas mas também como um “político controverso” que despertou ódio em várias pessoas no Brasil com comentários racistas e homofóbicos.

O também britânico jornal The Guardian divulgou o ataque em seu site. O veículo destacou os relatos dos familiares sobre a condição de Bolsonaro. O candidato é apresentado como responsável por polarizar opiniões no país com suas propostas de reduzir restrições ao armamento da população e seu apoio à ditadura militar (1964-1989).

O jornal estadunidense The New York Times reporta os vídeos circulando nas redes sociais mostrando o momento em que Bolsonaro recebeu a facada. O candidato é colocado como segundo colocado nas pesquisas, atrás de Luiz Inácio Lula da Silva, cuja candidatura foi barrada e busca agora recurso no Supremo Tribunal Federal.

“Apesar de ser um deputado desde 1991, Bolsonaro concorre como uma pessoa de fora do sistema (outsider) pronto para subverter o poder estabelecido (establishment)”, diz o jornal. O portal da emissora estadunidense CNN fez um relato sintético do episódio, a partir das informações disponibilizadas pelos filhos do político.

A agência Associated Press também noticiou o caso repassando os relatos divulgados em redes sociais pelos filhos do candidato. O candidato é apresentado no texto como popular com muitos seguidores mas também um personagem promotor da polarização política.

A emissora pública internacional alemão Deutche Welle reportou em seu site o ataque caracterizando Bolsonaro como um concorrente apoiado em uma plataforma de combate à corrupção e com grandes chances no pleito presidencial de outubro.

Da Agência Brasil

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br