Pessoas param de fumar com ajuda do Programa “Saúde Sem Tabaco” de S.Bárbara

“Eu não teria parado de fumar sem participar do Programa Saúde sem Tabaco. Foi por meio das reuniões no grupo e auxílio dos profissionais que percebi todos os malefícios causados pelo tabaco no meu organismo. Indico para todas as pessoas que desejam largar esse vício”. O depoimento é da dona de casa Maria Leite dos Santos, 54 anos, uma entre 15 participantes que finalizaram na última semana mais um Programa “Saúde sem Tabaco”, iniciativa promovida pela Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste.

Além de Maria cerca de 50% dos participantes dos grupos também pararam de fumar com ajuda do programa feito em Santa Bárbara d’Oeste totalmente de graça. Em 2016 o “Saúde sem Tabaco” atendeu 120 pessoas, com três grupos realizados ao decorrer do ano. Nesta semana já foi iniciado um novo grupo, onde os participantes passaram por acolhimento, com preenchimento de fichas individuais e aplicação de testes para avaliação do grau de dependência à nicotina e motivação de cada participante.

Como funciona?

Os encontros monitorados pela Prefeitura são promovidos todas às segundas-feiras no CEO (Centro de Especialidades Odontológicas), com o objetivo de ajudar o fumante a abandonar o vício. Os profissionais abordam diversos temas, como dependência do tabaco, como ele age no organismo e seus malefícios. Também há consulta médica e avaliação bucal como parte das atividades.

O programa tem coordenação do médico Antônio Detoni, além de uma equipe multidisciplinar, que oferece gratuitamente apoio médico, odontológico, psicológico, farmacêutico e de assistência social aos participantes. Os profissionais envolvidos foram todos capacitados pelo CRATOD (Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas) em São Paulo. Os interessados em se inscrever para os próximos grupos devem procurar a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima à residência.

 

Assessoria de imprensa

Comentários