Pedal Sustentável participa do Encontro Nacional de Romi-Isettas


Pedal Sustentável realiza oficina de eficiência energética nas comemorações dos 60 anos do pequeno pioneiro.

 

O Pedal Sustentável, tecnologia geradora de energia por meio de pedaladas, estará presente nas comemorações dos 60 anos de lançamento do Romi-Isetta. Através de uma bicicleta equipada com gerador elétrico e três tecnologias de lâmpadas – LED, incandescente e fluorescente –, os visitantes do Encontro Nacional de Romi-Isettas terão a oportunidade de pedalar para acender as lâmpadas e sentir a diferença de consumo energético entre elas.

 

O Encontro Nacional de Romi-Isettas será aberto ao público e com entrada franca, e acontece em 03 de setembro de 2016, a partir das 9h, no Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi, em Santa Bárbara d’Oeste.

 

A principal proposta do Pedal Sustentável é gerar energia sem a necessidade de acumulação em baterias. Sua forma lúdica de trabalhar com a eficiência energética vem reforçar, junto aos participantes, o conceito de Sustentabilidade e a necessidade pela escolha de máquinas mais eficientes. Hoje, caso fosse fabricado, o Romi-Isetta teria o dobro de eficiência energética de um carro popular, andando o dobro de quilometragem com a mesma quantidade de combustível.

 

No encontro, os visitantes poderão prestigiar a exposição de exemplares originais do pequeno pioneiro além de terem a oportunidade de um contato direto com colecionadores de diversas partes do Brasil. Poderão, ainda, acompanhar a carreata de Isettas pelo centro da cidade de Santa Bárbara d´Oeste, aproveitar as apresentações culturais do Coral de alunos do Núcleo de Educação Integrada, da Orquestra Barbarense de Violas e do grupo barbarense de maracatu Baque de Santa. Divertir-se na feira gastronômica com os foodtrucks que estarão no estacionamento da Fundação Romi, na gincana que premiará, com um brasão de “honra ao mérito”, dentre outras categorias, os colecionadores mais altos, os mais velhos, a maior família dentro de um Romi-Isetta, etc.

 

Para diversão de todos, a Fundação Romi também organizou um espaço dedicado às crianças e produziu uma loja com uma série de souvenirs comemorativos dos 60 anos de lançamento do Romi-Isetta. O encontro tem entrada franca e sua programação se iniciará às 9h seguindo, até, às 16h com a entrega dos troféus comemorativos aos colecionadores e proprietários de Romi-Isettas presentes no evento.

 

Não bastassem todas essas atrações, os visitantes poderão ainda conhecer o contexto histórico do carro no espaço expositivo do CEDOC da Fundação Romi. O acervo do Romi-Isetta é parte da guarda permanente do Centro de Documentação Histórica da instituição, que detêm o mais relevante patrimônio do automóvel. São rafes, textos, imagens e publicações, documentadas e catalogadas, com boa parte delas disponíveis para consulta pública e gratuita, que retratam, em detalhes, a trajetória do carro criado pela Indústrias Romi com uma inovadora proposta de mobilidade urbana e eficiência energética.

 

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO HISTÓRICA

 

O Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi é um espaço vivo de preservação da história, que além de resgatar todo o passado histórico de Santa Bárbara d’Oeste e região, atua na guarda, conservação e disponibilização do acervo da Fundação Romi e da Indústrias Romi – com destaque para o acervo do Romi-Isetta. Além de um espaço expositivo vivaz e dinâmico, o CEDOC realiza o projeto de Educação Patrimonial para crianças e jovens, realiza o Processamento Técnico de todos os documentos recebidos e ainda recebe exposições e palestras, promove visitas monitoradas e técnicas, oficinas de capacitação e experimentação. O CEDOC está localizada na Avenida João Ometto, 118, Jd. Panambi, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1558. www.fundacaoromi.org.br/cedoc.

 

FUNDAÇÃO ROMI

 

Criada em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi, a Fundação Romi tem como missão promover o desenvolvimento social e humano através da educação e cultura. Pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, atende mais de 30 mil pessoas por ano por meio de seus quatro grandes eixos: o Centro de Vivências do Desenvolvimento Infantil (CEDIN), o Núcleo de Educação Integrada (NEI), Centro de Documentação Histórica (CEDOC) e a Estação Cultural (EC). Tendo como apoiadora a Indústrias Romi S.A., instituições governamentais e não governamentais e demais parceiros da iniciativa privada, a Fundação Romi objetiva, continuamente, atingir maior número de beneficiários por meio de suas áreas de atuação, seus programas e projetos. Av. Monte Castelo, 1095, Jd. Primavera – Santa Bárbara d’Oeste, SP. (19) 3499-1555. www.fundacaoromi.org.br.

Comentários