Para economizar, Prefeitura de Nova Odessa reduz expediente

A partir do dia 20 de março, atendimento em algumas repartições será feito apenas na parte da manhã; medida não atinge escolas e postos de saúde

 

Com o objetivo de ampliar a economia, a Prefeitura de Nova Odessa anunciou nesta segunda-feira, dia 13, a redução temporária do expediente em alguns setores públicos. A medida terá início segunda-feira, dia 20, e não atinge setores como Educação e Saúde.

 

A redução na carga horária dos servidores foi proposta pelo Comitê Financeiro, criado em 2015, e acatada pelo prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza. “Seguimos em um momento delicado de nossa economia, que segue fragilizada em todo País. Temos perspectivas de recuperação nos próximos meses, mas estamos nos precavendo para que consigamos arcar com nossos compromissos e garantir o desenvolvimento sustentável de nossa cidade”, disse.

 

De acordo com o comitê, que é formado pelo secretário de Administração, Júlio César Camargo, pelo secretário de Governo, Wagner Morais, pela secretária de Finanças, Mara Beatriz A. Kilmeyers e pelo diretor de Programas e Projetos Educacionais, Achile Nicola Fosco, a expectativa é que a medida gere uma economia de aproximadamente R$ 90 mil mensais. “Esta é a nossa perspectiva com base na experiência que tivemos entre 2015 e 2016, quando também precisamos adotar por um período a redução na carga horária”, disse Júlio.

 

A secretária de Finanças explicou que a medida vai gerar, entre outras coisas, economia no contrato de alimentação e também em despesas como combustível, telefone, luz e água.

 

Júlio destacou que o comitê segue avaliando outras medidas que visem economia. “Horas extras podem ser feitas apenas com autorização prévia e temos analisado situações que possam contribuir para redução das despesas. Além disso, seguimos com a revisão e renegociação dos contratos junto aos nossos fornecedores”, disse. “Tudo tem sido feito de forma bastante cautelosa, para que consigamos ter bons resultados, mas mantendo o atendimento a população.”

 

O QUE MUDA – O decreto 3.3632/2017 que dispõe sobre a redução temporária do expediente será publicado no Diário Oficial do Município desta terça-feira, dia 14, e determina que a partir de 20 de março o atendimento no Paço Municipal, Segurança e Medicina do Trabalho, Almoxarifado, Arquivo Público, Diretoria de Transportes e Sistema Viário, Diretoria de Habitação, Diretoria de Promoção Social, Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), Secretaria de Desenvolvimento Econômico, PLT (Posto Local do Trabalho), Padaria, Banco do Povo, Procon, Defesa Civil, Junta Militar, Diretoria de Cultura e Turismo e Diretoria de Trânsito será feito das 8h às 12h.

 

Já na Diretoria de Serviços Urbanos, Garagem, coleta de lixo, Diretoria de Parques e Jardins e Viveiro de Mudas o expediente será das 7h às 11h. O decreto tem vigência de 90 dias.

 

Ainda segundo o documento, não haverá alterações no atendimento no Bosque Manoel Jorge, Parque Ecológico Isidoro Bordon, Cemitério e Velório Municipal, agentes de Trânsito, Secretaria de Esportes, Ginásios de Esportes, GCM (Guarda Civil Municipal), CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), CRAS (Centro de Referência e Assistência Social), CAS (Centro de Assistência Social), Clube da Melhor Idade, Secretaria de Educação, Cmeis (Centros Municipais de Educação Infantil), Emefs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental), setor de Merenda Escolar, Hospital e Maternidade Dr. Acílio Carreon Garcia, UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e Unidade Básica de Atendimento Avançado, Farmácia Central, Vigilância em Saúde, Diretoria de Suprimentos e Diretoria de Recursos Humanos.


Comentários
Posted Under