Obra da Estação de Tratamento de Esgoto Toledos II avança

A obra da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Toledos II, em Santa Bárbara d’Oeste, avança e está na fase de execução da estrutura dos tanques que irão compor as etapas de tratamento do esgoto, aeração e decantação. A nova ETE começa a ganhar forma com uma sequência de construção em uma área rural, de 110.540 m², conhecida como antiga Fazenda Jamaica, adquirida pelo DAE (Departamento de Água e Esgoto). O investimento da obra é de R$ 36.724.141,84, entre recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), do governo federal, e da autarquia.

 

A estação terá capacidade de atender até 130 mil habitantes, sendo a segunda maior no município. Atualmente, a maior ETE em atividade é a Toledos I, localizada no Jardim Conceição. Com a Toledos II, e mais os projetos que estão em estudos na autarquia para tratar o esgoto da bacia do Córrego Barrocão, a cidade de Santa Bárbara d’Oeste avança rumo a 100% do tratamento do esgoto.

 

No ano passado foi finalizada a obra de instalação de 8 km do interceptor responsável por afastar o esgoto para ser tratado na ETE Toledos II. A tubulação está em funcionamento e já livra o Ribeirão dos Toledos do esgoto, do trecho da Indústria Romi (Matriz), na Vila Oliveira, até a antiga Fazenda Jamaica, o que já acontece há tempos em outro trecho do ribeirão, entre a Represinha Santa Alice até a empresa Romi, próximo do Jardim Conceição, onde cerca de 40% do esgoto produzido na cidade é afastado, via interceptor, para ser tratado na ETE Toledos I.

 

Comentários