Nasa anuncia que vai testar módulo espacial inflável

photo-1358443599743-1-0-size-598Foto: Divulgação\Veja

Se testes forem bem-sucedidos, eles serão ocupados até por turistas espaciais

A Nasa anunciou que testará por dois anos um módulo espacial inflável da empresa americana Bigelow Aerospace, que atracará na Estação Espacial Internacional (ISS) em 2015. Para esse projeto, a agência espacial americana fechou um contrato de 17,8 milhões de dólares.

O módulo, chamado “Bigelow Expandable Activity Module” ou BEAM, será enviado durante uma missão de transporte de material à ISS pela cápsula Dragon, da empresa Space X.

Os astronautas utilizarão o braço mecânico do posto orbital para instalar o BEAM, que mede 3,96 por 3,2 metros. Depois da instalação, os astronautas da ISS ativarão um sistema de pressurização para acionar a estrutura, utilizando o ar armazenado dentro do BEAM acoplado.

Durante o período de testes de dois anos, a equipe da estação e o pessoal de terra recolherão dados sobre o funcionamento da estação acoplada, como a integridade estrutural e a taxa de vazamento de ar. Uma bateria de instrumentos integrados no módulo medirá suas diferentes reações ao meio espacial.

O êxito destes testes abrirá as portas para a ocupação humana desses módulos, que a Bigelow prevê alugar a empresas para realizar pesquisas em microgravidade, assim como para milionários que desejem passar férias orbitais.

No momento, a Bigelow investiu cerca de 250 milhões de dólares nestas habitações espaciais.

O BEAM é feito de uma camada de 15 centímetros de Vectran, um poliéster de alta qualidade duas vezes mais sólido que o Kevlar, tão resistente quanto o aço, com um peso parecido e dotado de uma rigidez cinco vezes maior.

 

 

Fonte: Veja

 

 

Comentários