Moradores do Jardim das Orquídeas revoltados com o DAE

Ontem, segunda-feira (4/2), a equipe do SBO 24 Horas recebeu telefonemas de alguns moradores do Jardim das Orquídeas, revoltados com o DAE (Departamento de água e Esgoto) de Santa Bárbara d’ Oeste. O motivo é a disparidade no valor da conta de água recebida para pagamento neste mês de fevereiro, relativa ao primeiro mês deste ano. Segundo os reclamantes, que preferiram preservar seus nomes, os valores recebidos chegam ao dobro do consumo médio mensal. Diante de tal situação, o grupo de moradores se sente lesado pela autarquia municipal. Uma das reclamantes comparou o valor do consumo no boleto de pagamento com o registrado no hidrômetro, confirmando a disparidade. Segundo ela comentou, ao constatar o erro na aferição e sentindo-se prejudicada, dirigiu-se ao DAE, onde solicitou a correção.

sb24horas8

Um outro morador, na mesma situação, não teve a mesma sorte, pois apesar de sua fatura também ter sido enviada com consumo acima do efetivamente gasto, não pôde dirigir-se à autarquia para solicitar a devida correção. No seu caso, segundo relatou ao SBO24 Horas, o boleto veio com consumo de 2285 m³, mas no hidrômetro, mesmo dias após o envio, constava 2267 m³. Neste caso o agravante é que o consumidor tem problemas de saúde, o que o impossibilitou de ir ao DAE.

De acordo com o grupo de moradores que reclamaram à nossa equipe, em alguns casos o valor cobrado chega a 100% acima do efetivamente consumido. Eles ainda alegaram que vem notando uma elevação constante no valor cobrado, provavelmente decorrente de falha na aferição dos hidrômetros. “E não adianta reclamar no Dae, pois sempre nos dizem que o motivo deve ser vazamento nas casas, mas após as queixas, o valor no mês seguinte volta ao normal”, revelaram os moradores, comentado ainda que a normalidade não é permanente. “Durante alguns meses o valor e consumo constam normais, mais depois volta a subir, ultrapassando até 100% da média”, explicaram. O problema ocorre há meses, principalmente nas casas da rua Ubirajara  Alves. Os moradores cobram uma solução definitiva e a correção das faturas já enviadas com valores indevidos.

sbo24horas

Fonte: Redação SBO24 Horas

Comentários