24Horas Variedades

Monitoria nas escolas pode ser o primeiro passo para estimular o interesse do aluno pela carreira de professor

Pesquisa mostra que apenas 2,4% dos jovens com 15 anos querem seguir na profissão; educadores dizem que esse estimulo deve começar dentro das escolas

Uma pesquisa divulgada recentemente, feita pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), mostrou que apenas 2,4% dos jovens com 15 anos de idade tem interesse em ser professor. O profissional que segue essa carreira na área da educação básica, apesar de ter uma importância reconhecida pela sua capacidade de passar conhecimento, ainda é desvalorizado. As condições de trabalho, o salário e os problemas da rede pública fazem com que os jovens não se sintam estimulados a seguir a profissão.

Esse desestimulo também acontece dentro de casa. Os familiares dos estudantes incentivam os filhos a buscarem carreiras que entreguem um maior reconhecimento não só profissional, mas, principalmente, financeiro. O preconceito com relação ao professor existe, e reflete de forma significativa na falta de interesse dos jovens. Fabrício Cortezi, coordenador do Sistema de Ensino pH, afirma que a situação só é diferente quando há histórico de professores na família, assim o adolescente olha para essa carreira com mais proximidade.

O estímulo para a carreira profissional na área da educação deve começar dentro das escolas. Cláudio Falcão, diretor do Sistema de Ensino pH, afirma que os professores devem sempre estar se atualizando para conseguirem melhores trabalhos e maior reconhecimento. “A escola é o lugar de acolhimento, onde o professor, além de ser responsável pela apresentação dos conteúdos, deve estar sempre agregando as disciplinas à realidade do aluno; é uma relação de confiança e que muitas vezes vai além da sala de aula”, diz. “O retorno financeiro se complementa de acordo com a entrega de cada profissional”, completa.

Atividades como a monitoria estudantil é o passo inicial para ajudar o estudante a se interessar pela carreira e também desenvolver habilidades que são exigidas em qualquer profissão. “Os alunos que se tornam monitores desenvolvem empatia e generosidade ao ensinar outro colega de sala; responsabilidade e disciplina ao cumprir com atividades e horários; além de exercer a comunicação, pois a arte de se comunicar bem é essencial para qualquer profissão atualmente”, diz Falcão, que já foi monitor, antes de ser professor e diretor do pH.

Os professores são os protagonistas para aumentar o interesse dos alunos pela carreira. “Eles devem estimular os alunos a quererem superar desafios; a monitoria é uma forma de simular a profissão, fazendo com o que o aluno olhe por dentro do que realmente é ser professor”, afirma Fabrício Cortezi, também ex-monitor.

Dentro da carreira, o professor também faz parte da atualização e complementação dos materiais dos sistemas de ensino, o que proporciona uma caracterização singular e de fácil entendimento para os alunos. No Sistema de Ensino pH, os professores das escolas parceiras participam de pesquisas relacionadas ao material didático, contribuindo com ideias e metodologias que os autores do Sistema levam em consideração.

Cerca de 90% da equipe de autores do Sistema de Ensino pH, todos eles professores, já participaram de monitoria estudantil antes de seguir a carreira docente.

Sobre o Sistema de Ensino pH (www.sistemadeensinoph.com.br) – O pH surgiu em 2012, a partir do trabalho desenvolvido no Colégio pH e Curso pH, presente há 30 anos no Rio de Janeiro.  Reconhecido pelo elevado número de aprovações nos vestibulares das universidades mais concorridas do estado e pelos excelentes resultados no ENEM, o pH atua da Educação Infantil ao Pré-vestibular.  O sistema conta com uma série de escolas parceiras e oferece orientação nas áreas de planejamento, ferramentas tecnológicas, projetos inovadores, integração de recursos e formação contínua dos profissionais. O Sistema de Ensino pH integra o portfólio de empresas da SOMOS Educação.

 

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br