McDia Feliz 2016 bate recorde de arrecadação no Brasil


Em Campinas, Boldrini e Casa Ronald McDonald irão receber cerca de 820 mil reais.

Arrecadação na região é Top Five nacional

O McDia Feliz, a maior campanha em prol da cura do câncer infantil e juvenil do país, arrecadou o valor recorde de R$ 23.131.174,03 em 2016. O resultado mostra que o consumidor está mais consciente sobre a importância da causa e, mesmo em um momento de crise econômica, não deixa de ir ao McDonald’s para contribuir neste dia. Esse valor é R$ 1 milhão superior ao montante do ano passado, ou 4,6% maior que os R$ 22,114 milhões angariados em 2015.

Desse total coube ao Hospital Boldrini R$ 390.058,59 e a Casa Ronald McDonald Campinas
R$
430.632,93.  O total de R$ 820.691,52, arrecadado na região, inclui a comercialização de produtos promocionais com a marca McDia Feliz vendidos pelas instituições participantes, além das doações de doadores espontâneos. Essa arrecadação situa a região de Campinas entre as cinco maiores arrecadadoras de recursos do McDia Feliz no Brasil.

O valor arrecadado em 2016 nos restaurantes McDonald’s de Campinas, Paulínia, Piracicaba, Indaiatuba, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Rio Claro, Valinhos, Hortolândia, Araras, Sumaré, Bragança Paulista, Atibaia, São João da Boa Vista, Limeira e ainda Poços de Caldas (MG) será aplicado no  tratamento de crianças e adolescentes com câncer atendidos gratuitamente pelas duas entidades.

Com os resultados do McDia Feliz vemos que todos os anos o envolvimento da população da região com a causa do combate ao câncer infantil aumenta. Essa participação é gesto significativo que leva esperança e chance de cura para milhares de crianças e adolescentes com câncer em todo o país”, diz Fernando Figueiredo, presidente da Casa Ronald Campinas.

De acordo com a Dra. Sílvia Brandalise, presidente do Centro Infantil Boldrini, “a parceria mantida com a Casa Ronald McDonald em muito auxilia na permanência das crianças e familiares aqui em Campinas, contribuindo em muito na adesão ao tratamento no Centro Boldrini. Com os recursos advindos do McDia Feliz, o Boldrini poderá desenvolver seus projetos de impressão de livretos dirigidos aos pacientes e familiares, como também, dar o pontapé inicial no projeto Meio Ambiente e Câncer da criança e do adolescente”, afirma Silvia Brandalise.

Celebramos o recorde dessa arrecadação com muito entusiasmo, pois ele assegura a continuidade de um trabalho importante em prol das vidas de milhares de adolescentes e crianças com câncer e seus familiares”, acrescenta Francisco Neves, superintendente do Instituto Ronald McDonald.

Para Paulo Camargo, presidente da Divisão Brasil da Arcos Dorados (franquia que opera a marca McDonald’s em 20 países da América Latina), o recorde é da solidariedade. “Estive em vários restaurantes durante o dia 27 de agosto, quando aconteceu o McDia Feliz. Pude ver o entusiasmo que toma conta das pessoas. Um belo dia de celebração só poderia ter esse resultado”, diz o executivo. “Agradeço aos funcionários, franqueados e fornecedores do McDonald’s, pois sem eles não seria possível.”

Campanha já arrecadou R$ 230 milhões para a causa do câncer infantil

Um dos destaques da mobilização nacional promovida pelo McDia Feliz em 2016 foi a participação voluntária de dezenas de artistas e personalidades – os McAmigos, que apoiaram a divulgação da campanha em todo o país, como o ex-jogador de futebol Ronaldo Nazário.

Ao longo dos últimos 27 anos, os cerca de R$ 230 milhões com o McDia Feliz já viabilizaram a implantação de unidades de internação, ambulatórios, salas de quimioterapia, casas de apoio, unidades de transplante de medula óssea e a capacitação de profissionais de saúde para a detecção precoce do câncer em crianças e adolescentes. Há 30 anos, as chances de uma criança com câncer ser curada eram de 15%, hoje este índice pode chegar a 85%, desde que os pacientes sejam diagnosticados precocemente e tratados adequadamente.

 

Sobre o McDia Feliz

O McDia Feliz é o dia de maior movimento do ano nos restaurantes McDonald’s, além de despertar a atenção de toda a sociedade e sensibilizá-la para a maior causa de morte por doença entre crianças e adolescentes de zero a 19 anos. A campanha coordenada pelo Instituto Ronald McDonald visa captar recursos e concentrar esforços em projetos locais, regionais e nacionais a fim de contribuir para o aumento dos índices de cura do câncer infantil e juvenil. Mais informações em www.mcdiafeliz.org.br

 

Comentários