Lodo de esgoto é transformado em adubo

esgoto_div288(1)

Pesquisadores da Universidade Federal Fluminense desenvolveram um adubo feito com lodo de esgoto, que tem se mostrado mais eficiente que os modelos industriais. Este é o resultado de estudos realizados desde 2011 que apresentam grande potencial econômico e ambiental.

O trabalho contou com o apoio da prefeitura de Volta Redonda e do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), pois o lodo de esgoto doméstico é o resíduo proveniente do tratamento sanitário. Um dos maiores benefícios do projeto é o fato de dar a este material orgânico uma nova utilidade, já que ele representa perigo ambiental se descartado na natureza.

Os pesquisadores precisaram atentar a diversos detalhes durante o desenvolvimento do adubo. Os níveis de substâncias nocivas ao meio ambiente foram monitorados durante todas as etapas. Foram necessários quatro meses para a que a mistura dos compostos fosse finalizada. Contaminantes orgânicos, biológico e metais pesados permaneceram em níveis adequados.

Após o material estar pronto para o uso, os testes passaram para a segunda parte, que consistiu em mensurar sua eficiência na prática. Assim o fertilizante foi aplicado no cultivo de milho e de aroeira. Em parte dos testes os compostos do lodo foram misturados à terra e o resultado foi melhor que o dos fertilizantes tradicionais. Os pesquisadores continuam a avaliar a influência direta da mistura nas plantas.

Fonte: C.V

 

Comentários