Limeira: Nilton Santos questiona contrato de quase R$ 20 milhões com empresa que trata da limpeza da cidade


A empresa também faz a poda de árvores e conservação de áreas verdes

Durante a sessão camarária desta segunda-feira, 9, o Vereador Nilton Santos apresentou o Requerimento 443/16, onde faz questionamentos sobre o contrato da Prefeitura de Limeira, com a empresa que presta serviços de poda de árvores, conservação de áreas verdes e limpeza pública, na ordem de quase R$ 20 milhões ao ano.

Por meio do requerimento o vereador solicitou, entre outros documentos, a cópia do último processo licitatório, com memorial descritivo do serviço a ser realizado pela empresa; comprovantes mensais de recolhimentos de INSS dos trabalhadores da empresa; cópias das planilhas mensais da conferência dos serviços realizados; relação de servidores e suas funções; no período de 2013 a 2015, quantas vezes ocorreu a poda da grama nas margens do Ribeirão Tatu, proximidades do Córrego Barroca Funda.

“Por mês pagamos quase R$ 1,8 milhão para os serviços de poda de árvores, limpeza e conservação de áreas verdes, o que totaliza aproximadamente R$ 20 milhões por ano, o que é um valor muito considerável. Queremos saber da estrutura da empresa que faz este serviço, se tem o número adequado de veículos, funcionários, para dar cobertura em toda cidade, que está precisando com urgência de melhorias neste segmento, ou de melhor adequação na agenda e programação de serviços”, comentou Nilton Santos.

“A fiscalização é direito do vereador e um contrato de limpeza, por mês no valor  de R$ 1,8 milhão, requer fiscalização, visto que os munícipes trazem reclamações da falta destes serviços em seus bairros, por exemplo no Santa Eulália, Nossa Senhora das Dores, entre outros. O requerimento é para trazer informações referentes ao número correto de funcionários, roçadeiras, pagamento de impostos, entre outros, o que queremos é estudar este contrato que é exorbitante”, completou o vereador.

O requerimento foi encaminhado para a Prefeitura que terá o prazo de 15 dias para responder.

Comentários