Juntos pelo UBER – Tiosso se junta à Meche pela regulamentação do UBER em Americana

É questão de tempo uma das principais inovações do transporte público passar a operar em Americana.  No dia 13 de janeiro o vereador Marschelo Meche  protocolou na Câmara Municipal um projeto de lei em que propõe a regulamentação do funcionamento do serviço eletrônico de transporte privado urbano de passageiros, prestado por empresas através de aplicativos de celular, a iniciativa causou alivio e preocupação ao mesmo tempo. Por parte dos usuários os valores cobrados pelo inovado sistema é sinônimo de economia. Já pelo lado dos taxistas, o fantasma do desemprego ao ver a procura pelo modelo convencional correr o risco de ter uma significativa baixa na procura.

 

Há 15 dias o assunto vem sendo discutido nos bastidores entre dois gabinetes do Legislativo. Marschelo Meche (PSDB) e Guilherme Tiosso (PRP) uniram forças para dar celeridade à regulamentação do UBER na cidade. “O vereador Marschelo é o pai desse projeto inovador para a nossa cidade e com todos os méritos merece a credibilidade pela iniciativa, conversamos por 15 dias sobre alinhar detalhes que possam contribuir para o sucesso do Projeto, e chegamos a um acordo. Meche, com a espontaneidade que lhe é peculiar, me fez o convite para abraçar o projeto a quatro mãos, assinando com ele a paternidade da propositura, aceitei com muito entusiasmo ao convite do meu colega de parlamento e já protocolamos hoje o novo Projeto de Lei. Quero agradecer ao Meche pela confiança e parceria e dizer aos taxistas que respeito muito a categoria, mas é necessária a readaptação para a prestação desse tipo de serviço e quem sabe até uma migração para o novo sistema”, pontuou Tiosso, que preside a Comissão de Transportes na Câmara Municipal de Americana.

 

Para Marschelo a parceria com o vereador Guilherme Tiosso foi natural já que estavam em sintonia quanto a regulamentar o serviço em Americana. “O Guilherme têm demonstrado compromisso com os ideais que priorizamos, sua capacidade e coragem em lançar soluções significativas para o progresso de Americana compactuam com a plataforma que tenho tentado colocar em prática. Sem dúvidas é um parceiro ideal, ético e com credibilidade, tanto é que tem se tornado uma importante referência política não apenas na cidade, mas na região. Tudo aconteceu de forma espontânea com o único objetivo de regulamentar este importante serviço para Americana”, disse Meche.

 

Meche também comentou sobre o descontentamento dos taxistas na cidade. “Eles estão lutando pelo que eles acreditam, estão fazendo valer o direito constitucional que lhes assiste, mas temos que começar a conviver com as transformações, elas são inevitáveis e necessárias para o bem do coletivo, uma sociedade não parar no tempo e muito menos ficar a mercê de interesses individuais, o século XXI chegou e ainda tem muita gente que precisa despertar”, finalizou Marschelo Meche.

Comentários