Júnior Dutra revela: “Vitória em clássico tem sabor especial”

Ele chegou sem muito alarde e aos poucos foi conquistando seu espaço com a camisa do Leão. Aos 28 anos e com boas passagens no futebol do exterior, Júnior Dutra conquistou o respeito dos torcedores e se transformou num dos líderes do elenco avaiano.

Com dezenove jogos disputados até o momento, Júnior Dutra é o vice-artilheiro do Leão na temporada com sete gols anotados, atrás apenas de Denílson, com oito. “Fui muito bem recebido por todos no clube. Encontrei um ambiente de trabalho excelente e um grupo de jogadores bastante homogêneo. Esses foram alguns fatores que facilitaram a minha adaptação”, revelou.

Na próxima quinta-feira (20), às 19h30, no estádio Orlando Scarpelli, Avaí e Figueirense fazem o terceiro clássico da temporada em partida válida pela última rodada da fase inicial da Primeira Liga. Sem vencedor e sem gols nos dois primeiros confrontos, o camisa nove do Leão ressaltou a importância de uma vitória. “Clássico é sempre diferente. É uma partida que não termina após os noventa minutos, principalmente para os torcedores. Vencer um clássico tem um sabor especial”.

Garantido na final do Campeonato Catarinense, a comissão técnica do Avaí ainda não definiu se entrará em campo com força máxima ou poupará alguns jogadores para a primeira decisão contra a Chapecoense, que acontecerá no próximo dia 30, às 16 horas, no estádio da Ressacada.

AV Assessoria

Comentários