Invista o 13º salário em atualização profissional, recomenda especialista

A ordem é garantir a empregabilidade em tempos difíceis do mercado

 

 

Muitos profissionais ficam em dúvida sobre como reagir ao cenário de crise. Os números são pessimistas e, apesar de ter dado sinais de reação, a economia ainda não decolou, nem o mercado de trabalho.

 

Especialistas da IBE-FGV garantem que investir na qualificação ou atualização profissional é a melhor forma de garantir a empregabilidade em tempos instáveis com retorno garantido. Segundo eles, os profissionais receiam investir em educação quando as finanças estão no vermelho. 

 

Mas é preciso pensar em se reinventar e aparecer no mercado. O profissional que não se atualiza acaba prejudicado nos processos seletivos. Por isso, fazer uma pós-graduação é fundamental e, em seguida, cursar um MBA é um diferencial.

 

João Mantoan
Divulgação

A ideia vem do professor de Economia da IBE-FGV, João Mantoan, diretor do Economies Consultoria Empresarial. “A pessoa que tiver oportunidade de investir o 13º salário em cursos, deve fazê-lo. Um MBA, por si só, é um investimento com retorno garantido. Faz com a que o profissional se posicione de uma maneira mais interessante e qualificada, portanto, mais atrativa para o mercado”.

 

Segundo ele, como aluno é possível aumentar e melhorar o network, ampliando possibilidades. “Eu aconselho a tomar esta medida como um ótimo investimento”, recomenda.

 

Rita Ritz
Divulgação

Já a professora da IBE-FGV, Rita Ritz, doutora em qualidade e especialista em Desenvolvimento Organizacional, destaca que é preciso mapear o mercado a fim de reconhecer as lacunas existentes antes de definir em qual curso investir. “Pratique também o autoconhecimento e aproveite para desenvolver as competências que as empresas mais demandam e aquelas que estão deficientes no currículo”, explica.

 

“É preciso que o profissional analise a experiência e o nível de conhecimento que possui para decidir o que vai fazer pensando em seu desenvolvimento”, pondera.

 

Os especialistas concordam que esta é a melhor época para definir os rumos da carreira e que pensar nisso no ano que vem, já pode ser tarde. A dica é aproveitar o fim do ano para se planejar e os bônus salariais para fazer a matrícula e iniciar o curso, antes que o ano novo chegue e os planos para a especialização sejam novamente adiados.

Comentários