24Horas RMC

Inaugurada com festa, ETE funcionou por apenas 17 dias

SFoto: Divulgação

A ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Quilombo, inaugurada no dia 14 de dezembro pelo então prefeito Manoel Samartin (PDT), funcionou só 17 dias. Essa semana, o atual prefeito Benjamim Vieira de Souza, o Bill (PSDB), visitou o local e constatou que desde o início de seu governo a ETE está inoperante. O engenheiro e diretor da Coden (Companhia de Desenvolvimento), Ricardo Ôngaro, e o ex-prefeito Samartin firmaram acordo com o Ministério Público se comprometendo a tratar 100% do esgoto da cidade até o dia 31 de março. O descumprimento gerará multa de R$ 5 mil por dia para a prefeitura.
Durante visita ao local, Bill foi informado por Ricardo Ôngaro, que era o diretor da Coden na gestão de Samartin e segue no cargo, que na madrugada do dia 31 de dezembro o nível do ribeirão Quilombo subiu por conta das chuvas e a água entrou por uma tubulação aberta, invadindo a estação elevatória. Três conjuntos chamados de motor bomba foram atingidos pelas águas e ficaram submersos, interrompendo o funcionamento da estação.
A tubulação que levou a água até a estação faz parte das obras de instalação do interceptor de esgoto nas margens do ribeirão Quilombo. As obras estão paradas à espera de liberação da Caixa Econômica Federal para passagem sob a linha férrea. A antiga administração alterou o projeto inicial e, apesar de ter as outras autorizações necessárias, a Coden precisa de autorização da instituição financeira.
Os reparos nos motores estão sendo feitos.

MURO
Funcionários da Coden trabalham no local aumentando a altura de um muro de contenção para evitar novos alagamentos. Além disso, a tubulação que causou o incidente foi fechada.
“A previsão é de que até segunda-feira as obras estejam concluídas, os motores reparados e a estação em funcionamento ainda em caráter experimental”, garantiu Ricardo Ongaro.

PROBLEMA

Desde a inauguração da ETE, Bill afirmava que a obra era importante, mas também era imprescindível a avaliação de seu correto funcionamento. Com 15 dias à frente da prefeitura, o prefeito visitou a ETE para conhecer seu funcionamento, como fez com todos os setores da prefeitura.
“Nem posso afirmar que recebi a ETE em fase de testes, porque, na verdade, quando tomei posse, dia 1º de janeiro, ela já não estava tratando nada de esgoto”, afirmou Bill.
Para o perfeito funcionamento da ETE é preciso criar a chama colônia de bactérias, que leva meses. Bill foi informado, no entanto, que sequer tais colônias estão em formação.
Ricardo Ôngaro explicou que o esgoto que está chegando à ETE é industrial e que os resíduos impedem a formação das colônias e reprodução de bactérias. O resíduo industrial acaba com tais bactérias, essenciais para que o esgoto seja tratado.
“O fabricante desse moderno sistema adotado na ETE garante que, se 30% do esgoto que chega à estação for industrial, o tratamento não será prejudicado. E, quando todo o esgoto chegar, teremos um percentual abaixo disso”, garantiu o engenheiro Ricardo Ôngaro.

Prejuízo aos cofres públicos é iminente

O acordo firmado no fim do ano passado permite que o Ministério Público Estadual aplique multa de R$ 5 mil por dia de atraso caso a prefeitura não esteja tratando 100% o esgoto doméstico de Nova Odessa. Diante da situação, é iminente o risco de grave lesão aos cofres públicos. Especialista ouvido pelo Jornal de Nova Odessa em dezembro já adiantava que o funcionamento de uma ETE é complexo e para que a estação trate efetivamente 100% do esgoto leva tempo.
A ETE foi inaugurada em fase experimental e a título precário. Para que o esgoto doméstico chegue à estação é preciso a ligação do interceptor de esgoto, o que ainda não tem data para acontecer.
O Termo de Compromisso e Ajustamento de Conduta assinado ano passado com o Ministério Público prevê que Nova Odessa tem que tratar 100% do esgoto coletado até 31 de março.
“Com tudo isso que vem acontecendo, vejo que terei muitos problemas para garantir a universalização do tratamento de esgoto. Se é que isso vai ser possível. Sei da seriedade do Ministério Público e sou um gestor preocupado com a questão ambiental, mas esse compromisso foi firmado pela antiga administração. Vamos trabalhar muito sério para que a cidade possa se orgulhar de ser uma das poucas do país a tratar todo o esgoto coletado. Mas a realidade da estação nos revela que a situação é muito complicada”, afirmou Bill.

COMISSÃO
Bill afirmou estudar a formação de uma comissão para acompanhar o cumprimento do acordo com o Ministério Público. “Podemos convidar pessoas ligadas à área ambiental e representantes da sociedade civil para participarem desse processo”, disse o prefeito.

Cumprir prazo será desafio

Para que o esgoto industrial seja tratado na ETE sem que as colônias de bactérias sejam mortas, os resíduos precisarão receber tratamento prévio por parte das indústrias.
De acordo com o compromisso assumido no final do ano passado por Ongaro e Manoel Samartin junto ao Ministério Público, a Coden tem prazo de 90 dias para notificar as empresas da cidade a instalarem caixas com um sistema de monitoramento da qualidade e quantidade de esgoto lançado na rede. O prazo começou a contar no dia 11 de dezembro de 2012, mas até ontem, nenhuma empresa havia sido notificada.
“Toda empresa deverá fazer um pré-tratamento do resíduo antes de despejá-lo na rede, diminuindo a quantidade de produtos que podem matar as bactérias do sistema”, explicou Ôngaro.
Depois de notificadas, as empresas têm prazo de 180 dias para instalar o sistema, prorrogáveis por mais 180 dias. Mas o acordo assumido por Ongaro e Samartin prevê eficiência no tratamento até 31 de março próximo.

 

Fonte: JNO

 

 

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.