Gravação das falas da 21ª edição do Espetáculo Via Crucis acontecem neste fim de semana

A 21ª edição do Espetáculo Via Crucis tem uma de suas etapas mais importantes a ser realizada neste fim de semana. Trata-se da gravação das vozes dos personagens. Serão dois dias de trabalho intenso e que o público poderá conferir nas noites de apresentações.

 

É por meio da gravação das falas que os atores vão trazer a emoção e a intensidade dos personagens, que se completam posteriormente com os gestos, expressões, figurinos, adereços e ambientação – uma verdadeira cidade cenográfica a ser montada na Usina Santa Bárbara.

 

O processo será no sábado (24) e domingo (25), a partir das 8 horas. As cenas serão gravadas na ordem cronológica e com o diretor artístico, Otávio Delaneza, acompanhando e orientando os atores dentro do estúdio.

 

Inicialmente, a cena é passada para que os atores tenham o contato com o microfone e a modulação das vozes aconteça e, posteriormente, a gravação é feita. Se necessário, a cena se repete, principalmente quando há a participação de muitos atores, como em “Jerusalém”. Já uma das mais delicadas é a da “Crucificação de Jesus”.

 

Responsável por esse processo há 14 anos, o técnico de som da Rádio Santa Bárbara FM, Eraldo Vaz, comentou que a edição vem na sequência. “O processo é sempre o mesmo. Gravamos com os atores e depois começa a edição, feita em aproximadamente quatro dias, pois é preciso ouvir tudo novamente e observar se nada foi falado errado”, comentou Vaz, que nesta etapa é acompanhado por Delaneza.

 

Com as falas editadas, os ensaios mudam de local e passam a ser realizados no pátio revitalizado da antiga Usina Santa Bárbara, que receberá a montagem pela primeira vez, como parte das comemorações dos 200 anos da cidade.

 

Em 2018, o Espetáculo Via Crucis será realizado de 27 de março a 1º de abril, sempre às 20 horas, com entrada franca. Na primeira noite de apresentações acontecerá a pré-estreia, voltada à imprensa, autoridades, patrocinadores e convidados.

Comentários