Governador inaugura Hospital Regional Zilda Arns em Piracicaba

Unidade começa a funcionar na próxima segunda-feira (19), de forma gradativa

 

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, inaugurou hoje (16), o Hospital Regional Zilda Arns, ao lado do prefeito Barjas Negri, do deputado estadual Roberto de Morais, do reitor da Unicamp, Marcelo Nobel, e autoridades municipais, estaduais e regionais. A unidade entra em funcionamento a partir de segunda-feira (19), dando início a uma nova fase para o SUS (Sistema Único de Saúde) da região.

Alckmin disse que o HR traz bons frutos para Piracicaba e região, pois vai oferecer serviços de saúde de qualidade, com profissionais qualificados e tecnologia de ponta. Destacou também o fato de a unidade estar sendo gerida pela Universidade de Campinas (Unicamp). “Trata-se de uma parceria com a melhor universidade do Brasil e da América Latina, com grande experiência em gestão hospitalar”, afirmou o governador. O governador observou ainda que o HR vai gerar, quando estiver em pleno funcionamento, 900 empregos diretos, além de milhares indiretos.

O secretário de Estado da Saúde, David Uip, falou sobre aspectos técnicos do HR, preparado com leitos de UTI e cirúrgicos. “Isso é modernidade”, disse. “Para se alcançar a eficiência, as parceria público-privadas são fundamentais, como essas que estamos fazendo com a Unicamp. Por isso, este é um momento muito importante para o Estado de São Paulo, que tem feito muito pela saúde”, completou.

O deputado Roberto Morais destacou a ousadia do prefeito Barjas Negri e de toda a sua equipe, por ter tido a coragem, em seu segundo governo, “de dar início a uma obra tão importante”.

“Quero dizer aqui que o sonho acabou”, disse o prefeito Barjas Negri. Porque ter um hospital público em Piracicaba, segundo o prefeito, é um desejo acalentado há 40 anos. Ele lembrou que, nos anos 70, chegou-se a cogitar um projeto em que Rio das Pedras seria a sede de uma unidade dessa envergadura, mas que não saiu do papel. “Em 2008, assumimos o compromisso de construir um hospital regional. Tivemos o apoio dos vereadores, que aprovaram por unanimidade o projeto. Iniciamos a obra com recursos próprios. No aniversário de 250 anos de Piracicaba, o governador Geraldo Alckmin assinou o decreto que oficializava a unidade, sob sua responsabilidade. Este foi o grande presente de seu governo para a cidade. Três meses depois, a Unicamp assumia a gestão da undiade e hoje estamos aqui, fazendo esta inauguração”, disse.

Barjas elogiou o apoio que recebeu dos piracicabanos, das entidades assistenciais e, em especial, do Conselho das Entidades Sindicais de Piracicaba (Conespi). Leu ainda uma carta de familiares de Zilda Arns, parabenizando-o pela iniciativa e pelo sucesso do empreendimento. O nome do HR foi uma proposta do secretário do Emprego e Relações do Trabalho do Estado, José Luiz Ribeiro.

Marcelo Nobel, reitor da Unicamp, deu ênfase ao trabalho de parceria com o Governo do Estado, o que permite à instituição de ensino colocar em prática toda sua capacidade profissional, bem como de poder ajudar os municípios da região e a população em geral com a expertise em gestão desenvolvido ao longo de tantos anos de experiência.

Para o secretário de Saúde, Pedro Mello, “A inauguração do Hospital Regional é a concretização de um desejo antigo dos piracicabanos. Trata-se de uma estrutura que será implantada gradativamente, com alta tecnologia, atendimento 100% SUS e que traz a marca da Unicamp como gestora, uma instituição com know-how em gestão hospitalar. A unidade vai atender a microrregião de Piracicaba e ampliar a rede pública de saúde do município. Junto com outros empreendimentos que estão em andamento, como a Escola de Medicina Anhembi Morumbi – uma das melhores escolas de medicina do Estado de São Paulo –, o Hospital do Câncer, da Associação Ilumina – que traz para Piracicaba a expertise do Hospital do Câncer de Barretos –, das residências médicas e odontológicas, que agregam a Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP) à rede pública, o HR demarca uma nova fase do município, como polo de excelência em saúde pública”.

Após o descerramento da placa, o governador visitou o HR.

 

FUNCIONAMENTO – Nos próximos dias, O HR entra em funcionamento com consultas e exames nas áreas de clínica geral, otorrino, oftalmo, cardiologia e anestesiologia para pacientes pré-cirúrgicos. As primeiras cirurgias estão agendadas para abril, começando com otorrino e oftalmologia e, gradativamente, ampliando para cirurgia geral, ortopedia, urologia e bucomaxilar. Portanto, Piracicaba e região não precisam mais sonhar, porque o nosso hospital já é realidade.

 

Fotos: divulgação facebook Prefeitura de Piracicaba

 

Comentários