24Horas RMC

Funcionários municipais desolados com proposta de Denis

Na última sexta-feira (19), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Santa Bárbara d’Oeste, realizou uma assembléia sobre o dissídio salarial. A reunião foi marcada para as 16 horas, na Garagem Municipal. Cerca de 100 funcionários participaram da assembléia, na qual a diretoria do sindicato inicialmente limitou-se apresentar a posição da Prefeitura: reposição do índice da inflação previsto para 1º de maio, de 7,22%. No cartão alimentação o aumento oferecido será de cerca de apenas R$ 19,00, atingindo o valor total de R$ 300,00. A diretoria ainda teria informado aos funcionários presentes que tais índices já haviam sido aprovados pela maioria, em assembléia anterior, o que gerou certo tumulto no local.

Nas redes sociais foi postado um vídeo da assembléia, no qual fica nítido o que ocorreu. Pelo que é possível entender, o que mais desagradou foi a forma como a reunião foi conduzida, sem uma maior divulgação e tentando impor a posição patronal. No “Paço Municipal”, o clima é de extremo descontentamento, diante do aumento anunciado, limitado à apenas a inflação. Segundo um grupo de funcionários que pediu para não ser identificado, o que eles esperavam era pelo menos 10%, o pagamento do dissídio de 2009 e que o cartão alimentação, que não possui encargos, chegasse a R$ 350,00. Outra reivindicação apontada foi a reforma do plano de cargos e salários. “Muita gente foi prejudicada com esse plano, mas para algumas funções houve revisão e aumento real de até 150%!”, explicaram.

Diante da rejeição do que foi exposto pela entidade representativa, e da pressão dos funcionários no local, o presidente do Sindicato voltou atrás na posição e de forma sumária, agendou uma nova reunião com os servidores. A nova assembléia está marcada para sexta-feira (26), ás 18 horas, no Teatro Manoel Lyra, no centro da cidade. O horário e local foram definidos pelos próprios servidores, com vistas a possibilitar maior participação. A posição da Prefeitura, diante do impasse, é que aguarda a notificação oficial do Sindicato para se manifestar.

Fonte: Redação

Essa noticia é uma atualização do link: http://sbo24horas.com.br/dissidio-funcionarios-publicos-rejeitam-aumento-proposto-pela-prefeitura/

Comentários

Notícias Relacionadas

Após vaga na decisão, técnico da Ponte Preta exalt... Em 113 anos de história, esta é a primeira vez que a Ponte Preta disputa uma competição internacional. Após o empate por 1 a 1 com o São Paulo, em par...
Palmeiras vence o Figueirense e assume liderança A Série B do Campeonato Brasileiro tem novo líder. O Palmeiras venceu o Figueirense por 3 a 2 e agora soma 21 pontos, um a mais do que a Chapecoense. ...
Vereador Pereira é confundido na Bolívia  No dia 14 de abril, o vereador de Santa Bárbara d’Oeste, Antonio Pereira, o Pereira (PT), desembarcou no aeroporto internacional de Santa Cruz de La ...
Montagem do recinto chega a 80% O diretor de montagem do CCA (Clube dos Cavaleiros de Americana), Bertinho Gallo, informou nesta quarta-feira, 5 de junho, que 80% das instalações do ...
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br