Artigos / Opinião Tecnologia

Fazer mais com menos: modismo ou nosso verdadeiro legado para o futuro?

Por Silvio Montilha

 

Dispor de um Certificado Leed devidamente enquadrado e exposto na parede da recepção de sua empresa, independente do ramo de atuação em que ela se encontra, é uma demonstração de que sua companhia está disposta a encarar uma grande e desafiadora jornada para as próximas décadas. Isso, principalmente para toda e qualquer instituição cujo core business não está enquadrado como um grande fornecedor ou consumidor de recursos naturais.

Se inicialmente podemos ter a falsa impressão de que estamos fazendo muito pouco quando aplicamos medidas sustentáveis por meio de soluções voltadas à eficiência energética, redução do consumo de água, gestão de materiais e resíduos, entenda que, na verdade, se trata de um movimento cujos resultados serão alcançados de forma mais rápida, inteligente e eficaz, quando cada um de nós estivermos comprometidos.

É preciso ter a consciência de economizar no presente, para que possamos continuar usufruindo de nossos recursos naturais no futuro e o segredo para isso está em criar um efeito multiplicador, mesmo que uma atitude isolada pareça uma fração insignificante se comparado com a complexidade deste desafio. Seguindo esse raciocínio, quero destacar algumas ações que possibilitam o aumento da eficiência energética e a redução do consumo de energia no ambiente de TI – já que vivemos em um mundo cada vez mais conectado e onde os investimentos em grandes Data Centers são uma constante.

Softwares de gestão de infraestrutura para Data Centers

Contar com um software de gestão em seu Data Center permite que os dados coletados na camada de dispositivos de sua infraestrutura sejam transformados em informação útil, com análises que melhoram o processo de tomada de decisões.  Essa forma de gestão possibilita uma arquitetura constituída por três etapas simples e objetivas que visam:

  • Etapa 1 – Coleta de dados para obter um panorama das condições de operação, medindo o consumo atual de energia do DC.
  • Etapa 2 – Trata-se da fase de implantação da solução voltada para a eficiência energética, na qual dados são transformados em informação útil para uma eficiente tomada de decisão.
  • Etapa 3 – É o estágio de apuração dos resultados, em que se mede novamente o consumo de energia, após a implementação da solução que indica o ganho real obtido.

 

Soluções de climatização de precisão

Diferente das demais aplicações e segmentos de mercado, em ambientes de TI, os sistemas de climatização são desenvolvidos para operar com precisão, em uma escala 24h x 7. Esse tipo de solução aproveita a temperatura ambiente do local em que o Data Center está instalado, transformando-a em ar refrigerado, coletam informações de temperatura e umidade, e geram um mapeamento térmico de influência no ambiente, que controla automaticamente a capacidade de operação com a qual cada uma das unidades de climatização devem trabalhar. Assim, é possível direcionar a refrigeração para os locais que mais precisam de resfriamento – o que impacta consideravelmente a redução do consumo de energia.

UPS

Em relação ao uso de UPS (ou Nobreaks), analise detalhadamente a eficiência da solução. É comum em aplicações de grande porte, na qual utilizam potências superiores a 5MW, que o projeto tenha redundância, aumentando a disponibilidade, em caso de eventuais falhas. Um exemplo clássico disso é a instalação na configuração paralelo/redundante. Neste caso, automaticamente a carga é dividida entre dois UPSs de mesma potência, que passarão a operar com no máximo 50% de sua capacidade individual. Sendo assim, não deixe de verificar a curva de eficiência x nível de carga, para garantir que tenha economia no consumo elétrico. Você constatará que existe muito espaço na busca de eficiência de seu Data Center, que opera 24hx7, durante os 365 dias do ano, consumindo energia por cerca de 15 a 20 anos (tempo estimado da vida útil).

Estamos em um mundo movido pela disponibilidade e digitalização, mas ao mesmo tempo repleto de contrastes. Quando se pensa em direitos básicos como o acesso à energia, por exemplo, ainda hoje, cerca de 1,3 bilhões de pessoas vivem sem esse recurso, como aponta a IEA (International Energy Agency). E se você está se perguntando como contribuir para que esse tipo de cenário seja revertido, a resposta está na sustentabilidade. Optar por um modelo de negócio sustentável não é apenas um modismo, é o caminho para que as futuras gerações e também as atuais possam viver em um mundo melhor.

Silvio Montilha é gerente comercial de Soluções para Data Center na Schneider Electric.

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br