Eventos de cultura alcançam 56,7 mil pessoas este ano em Nova Odessa

Teatro Municipal e Praça Central foram os principais pontos de difusão cultural na cidade

 

 

 

Ao longo do ano de 2017, os eventos de difusão cultural promovidos com apoio da Prefeitura de Nova Odessa alcançaram um público total de 56.770 pessoas. É como se praticamente cada um dos cidadãos novaodessenses tivesse comparecido a uma iniciativa realizada pela Diretoria de Cultura e Turismo ou com o aval da mesma. Isso tendo em vista a população de 58.227 habitantes estimada neste ano pelo mais recente Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

 

Os principais lugares de propagação cultural são o Teatro Municipal Divair Moreira, a Praça Central José Gazzetta e a Estação Cultura. “Temos todo um calendário anual de eventos e que incorpora mais atrações a cada ano”, destaca o diretor de Cultura e Turismo, Cícero Edno. “O Teatro Divair Moreira é o nosso principal palco, mas contamos com outros importantes locais de apoio“, acrescenta.

 

A lista de eventos é grande e diversificou os públicos ao longo do ano. O “Circuito de Humoristas” reuniu 300 pessoas em três etapas no Teatro Municipal. Já o sarau de poesias “Parada Poética”, 2.200 em 11 edições na Estação Cultura. A ação “Leitores Importantes”, 240 pessoas em 6 ocasiões na Biblioteca Municipal. A Feira de Artesanato ocorreu por 10 vezes e somou 800 pessoas na Praça Central.

 

A Banda Sinfônica Municipal ‘Professor Gunars Tiss’, em 20 apresentações pela cidade, foi assistida por mais de 4.200 pessoas. O programa Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som), com exibição de filmes e oficinas em 21 ações, agregou 860 pessoas. O “Circuito de Violão”, do Circuito Cultural Paulista, teve 2.000 espectadores em 10 edições no Teatro Municipal e nas Praças Central e do Jardim Santa Rita 2.

 

Em 6 ‘Encontros de Carros Antigos’ na Estação Cultura, totalizou 500 pessoas. O evento “Grito Rock”, cerca de 200 na Praça Central, mesma quantia aproximada da apresentação de violeiros pelo Circuito Suzuki no Teatro Municipal. Com cinco edições, o espetáculo de humor “Testando” reuniu 750 também no Teatro Divair Moreira. Já a contação de histórias na Biblioteca Municipal, 150 jovens em 5 etapas.

 

A Revirada Cultural foi outro evento que reuniu grande público na Estação Cultura, com aproximadamente 5.000 pessoas. A tradicional “Festa das Nações”, que em 2017 teve a sua 30ª edição, reuniu público de 30.000 em três dias na Praça dos Três Poderes. Em 18 eventos particulares realizados no Teatro Municipal Divair Moreira, com autorização da Diretoria de Cultura, houve 3.000 espectadores, com destaque para o humorista Giovani Braz, o personagem ‘Bêbado’ da “Praça É Nossa”.

 

Por fim, a programação especial do ‘Natal da Família’ já reuniu mais de 5.000 pessoas nos primeiros dias na Praça Central e na Estação Cultura, como a chegada de Papai Noel, o funcionamento da ‘Casa de Noel’ e o presépio natalino. “Temos também outras ações de menor proporção, mas não menos importância, cada uma com um público distinto”, completa Cícero Edno.

 

Comentários