Espetáculo Via Crucis segue até domingo

A edição comemorativa de 20 anos do Espetáculo Via Crucis pode ser conferida até domingo (16) no CSU (Centro Social Urbano) em Santa Bárbara d’Oeste. Com entrada franca, sempre a partir das 20 horas, quem já prestigiou a montagem se encantou e também se surpreendeu com novos elementos da peça, que tem a mesma história e uma nova emoção.
A microempresária Letícia Martinez saiu de Piracicaba para conferir a encenação pela primeira vez. “Valeu a pena, foi muito emocionante e esse final me fez chorar. Volto para casa com uma linda mensagem e fazendo uma reflexão sobre a vida e o amor ao próximo”, disse.
Já a controladora de estoque, Andreia da Silva, se emocionou com a ressurreição. “A mensagem que levo é que as pessoas precisam ter mais amor no coração e um espetáculo como esse serve para nos mostrar que com amor podemos vencer os problemas do país como a violência e a corrupção”, destacou.

Intérprete do rei Herodes na primeira edição da peça, realizada em 1998, o gerente administrativo, Maurício Vitor, esteve na plateia nesta quarta-feira (12) com o filho e amigos. “Ficamos extasiados! Além de ser um espetáculo que enche os olhos, preenche o coração e a alma, principalmente pela mensagem cristã e de evangelização, ainda mais eu sendo católico, tenho uma admiração muito grande por Maria! Foi emocionante, admito que em algumas cenas fui levado às lágrimas”, comentou.
A encenação
A musicalidade se faz presente logo no início do espetáculo. O som de uma harpa acompanha as atrizes na conhecida canção “Ave Maria”; a figura da mãe de Jesus, com o pequeno no colo e rodeada de crianças como anjos, deixa a cena, criada pelo diretor artístico Otávio Delaneza, delicada e pura. Um pouco mais adiante, o público se surpreende com a composição de Satanás.

A Via Sacra continua sendo o momento mais aguardado e assim segue até a crucificação e os momentos de sofrimento passados para plateia por meio das interpretações dos 150 atores. Já o final, além de trazer Jesus ressuscitado, mostra um encontro novamente entre o filho e sua mãe.
“O Via Crucis faz parte de uma história que vem crescendo e angariando mais prestígio, o que só faz crescer a expectativa para que possa ser melhor que as outras edições porque a ideia da arte é evoluir, é fazer com que as coisas melhorem cada vez mais e é também meu pensamento enquanto diretor”, disse Otávio Delaneza, que está à frente da direção cênica pelo quinto ano consecutivo.

Na edição comemorativa, muitos dos atores voluntários tiveram a oportunidade de interpretar e subir no palco pela primeira vez, mas há casos de atores que integram a montagem por mais de 10 anos ou que retornaram depois de algumas edições sem participar do projeto. Caso de Ronaldo Cestari, que esteve na primeira edição, deu vida anteriormente ao governador de Roma,Pôncio Pilatos, e revive o personagem com uma nova interpretação.

Estreante na peça é Thaíssa Gonçalves, a Maria de Nazaré. Já entre aqueles que participam há várias edições estão Aquiles Alexandre, Driale Feliciano, Alessandro Benalli, entre outros. Um comprometimento grande entre elenco e produção para que o público tenha um momento cultural e de reflexão por cerca de 2h15, tempo de duração da peça.

“Prezamos sempre pela qualidade artística, pelo profissionalismo e pelo cunho social, dando oportunidade a artistas voluntários e desenvolvendo a cultura no município”, afirmou o coordenador de marketing do Espetáculo Via Crucis, Evandro Felix.
A solidariedade por parte dos espectadores pode ser vista em ato concreto com a doação de um quilo de alimento não perecível na entrada, que será destinada ao Fundo Social de Solidariedade do Município. Quem chegar mais cedo, poderá conferir exposição a “A Paixão em Cenas” (localizada em uma tenda ao lado das arquibancadas) e também assistir ao prólogo do espetáculo, intitulado “A criação do mundo”, baseado no Livro de Gênesis, da Bíblia Sagrada.

Com expectativa maior de público para a Sexta-Feira Santa, quando muitas famílias e caravanas reservam a data para prestigiarem a montagem, a orientação da coordenação geral é que o público chegue mais cedo para reservar um bom lugar e não perder nenhum detalhe.
O Espetáculo Via Crucis é uma realização do Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste e Via Cultura, com patrocínio dos Supermercados Pague Menos e Sapore, apoio Broto Legal, Cimentolit, Cofaco, Cristiantex Magazine, Danny Cosméticos, EPTV, Grupo Liberal de Comunicação, Malhas Teda, Sabará Químicos e Ingredientes, Sucos Mitto, Unimed, Usicomp, e produção cultural 3marias.

 

 

Site: www.espetaculoviacrucis.com.br

Comentários