Especialista recomenda 5 áreas para fazer um MBA

IBE-FGV está com matrículas abertas e condições especiais de pagamento até 31 de julho

 

Mercado de trabalho exigente, hipercompetitividade, inovação disruptiva, crise econômica, indecisão política e mais de 14 milhões de desempregados. O cenário é desafiador para os profissionais brasileiros, mas especialistas em recursos humanos alertam: na crise, atualize-se! O professor de Estratégia Empresarial, Empreendedorismo, Liderança e Inovação da IBE-FGV, Emerson BZ recomenda cinco áreas em alta para cursar um MBA.

Para ele, constantemente demandam profissionais os setores de pessoas, gestão, projetos, comercial e finanças. A escola de negócios da Fundação Getulio Vargas está com matrículas abertas e condições especiais de matrículas até 31 de julho.

Porém, Emerson BZ faz um alerta. “É um equívoco achar que as três letras MBA serão suficientes para dar um upgrade no currículo, aumentar o salário ou arrumar um emprego. Conhecimento é fundamental, mas conhecimento, em si, é nulo se não for aplicado, transformado em algo prático e concluído com experiência para o profissional”, diz.

A supervisora de vendas Jacira Chavare avalia que sua melhor decisão para a carreira foi fazer o MBA em Gestão Comercial na IBE-FGV. “Foi um divisor de águas em conhecimento, experiência e maturidade, não só pelo conteúdo de excelência, mas também pelo estudo de cases, troca de informações entre os alunos e docentes, além de toda a vivência obtida durante o curso”, conta. “Com certeza me preparou para assumir desafios maiores e subir na carreira”.

PESSOAS

A primeira recomendação do professor é fazer um MBA com foco gestão de pessoas. “Eu converso com gestores, de uma maneira geral, e todos eles possuem a mesma angústia: não saber como lidar com pessoas”. Esse é o desafio cotidiano dos líderes de diversas empresas e segmentos. “Se pensarmos de uma maneira geral, seja comprando, vendendo, buscando parceria, contratando equipe ou em qualquer situação, as pessoas estão presentes. Por isso, temos que aprender como administrar melhor as nossas relações. Isso é fundamental para qualquer gestor”, afirma.

GESTÃO DE NEGÓCIOS

“Ninguém acorda querendo ter o pior dia da vida. As pessoas querem ter sucesso, as empresas querem ter sucesso”, analisa o professor. E, segundo ele, o sucesso consiste na capacidade de não se acomodar. “A visão estratégica do negócio é fundamental para o gestor trilhar sua carreira buscando a melhor posição e se tornar uma CEO ou diretor executivo de uma empresa”. Neste caso, a dica é cursar um MBA na área de gestão de negócios.

PROJETO

A necessidade de implantar, desenvolver e, rapidamente, concluir para começar novos projetos é constante nas empresas. E para que uma empresa consiga ter o sucesso almejado, ela precisa de melhorias constantes. “Melhoria requer mudança, entretanto nem toda mudança gera melhoria. Portanto, para conseguir melhorar é necessário um projeto”. Por isso um MBA na área sempre estará em alta.

Emerson BZ, porém chama a atenção para não confundir processo com projeto. “Processo não tem fim, é a entrada, processamento, saída e retroalimentação de informação: o sistema de funcionamento de qualquer empresa. Projeto tem começo, meio e fim. E para implementar essas melhorias que todas as empresas, pequenas, médias ou grandes, precisam, é necessário saber gerenciar esses projetos”.

COMERCIAL

No mercado competitivo como o de hoje, cada vez mais as empresas investem em ideias inovadoras e buscam mudar seus processos e sua maneira de se relacionar com os clientes. Trazer negócios para o funil de vendas, tratar as oportunidades e fazer cada vez mais vendas e com mais qualidade é o desafio da vez. “Por isso, um curso na área comercial tem muita atratividade para o mercado”, diz.

Os profissionais da área de vendas estão sofrendo com produtos de ciclos menores e crise econômica que requerem profissionais capacitados continuamente. “A situação está estressante mais do que normal. O peso sobre as costas do gestor é grande e conduzir profissionais em época de turbulência requer entender de gente e de produtos, principalmente em um mercado de dificuldade como o nosso”.

FINANÇAS

O resultado do esforço que uma empresa faz é visto nos números. Um MBA em finanças sempre será bem vindo ao profissional do setor ou para aquele que deseja enveredar pelo caminho das contas e planilhas. “Não adianta desenvolver projetos, modelos complexos de atendimento, inovação e desenvolvimento, sem retorno ao investimento”, adianta o professor da IBE-FGV. É preciso entender o conceito de viver com a cabeça nas nuvens, mas os pés no chão.

De acordo com Emerson BZ, pensar criativamente é necessário, sem esquecer que há despesas com funcionários, impostos, insumos e outras. “A empresa precisa mensurar os seus resultados para manter a capacidade de reinvestimento nos negócios e atingir suas metas a curto, médio e longo prazos”.

Mais informações sobre os cursos disponíveis podem ser obtidos pelo chat online no site www.ibe.edu.br, no e-mail info@ibe.edu.br ou telefone (19) 3739-6420.

Comentários