Em noite de muita emoção, Concurso Decor Dreams premiou noiva com o Casamento dos Sonhos


Aconteceu na noite de ontem (12) no Le Velmont Espaço Eventos, o concurso mais esperado pelas noivas, o Decor Dreams.

Idealizado pela empresária e decoradora Silvia Cruz, juntamente com seus parceiros, o Decor Dreams foi um concurso para noivas da região que vai realizar o casamento dos sonhos da vencedora.

No decorrer dos 60 dias, o concurso recebeu várias cartas de noivas contando lindas histórias de amor e dentre elas uma se destacou emocionando a todos os jurados e o público presente, que foi da Thais e do Juliano.

“O evento foi muito gratificante, abrindo portas e criando laços de amizade e profissionalismo. Senti que cada fornecedor que doou o prêmio se emocionou com os casais por fazerem parte do sonho de cada um”, disse Silvia.

 

DSC_0223
A noiva Thais, acompanhada pelo irmão, emocionada por ter ganhado o concurso.

 

Os prêmios para a noiva vencedora são:

Leia a história da noiva vencedora Thais Francine:

“Eu poderia e teria mil maneiras de começar este e-mail. Mas não sei como organizar as palavras para definirem tudo o que sinto enquanto escrevo!

O que gostaria na verdade era de usar palavras que tocasse o coração de quem irá ler, quem me dera surpreende-los com esta história. Com simplicidade e sinceridade vou contar a nossa história de amor.

 

Sou Thais, tenho 25 anos e moro em Campinas e namoro o Juliano a 5 anos e 5 meses.

Começamos a namorar no dia 08/10/2010, tudo aconteceu de um jeito meio inesperado, ele gostava de mim mas eu não correspondia, aliás eu sequer o conhecia bem. Somos evangélicos e frequentávamos igrejas diferentes isso dificultava a nossa convivência. Passado algum tempo, minha família e eu fomos transferidos justamente para a igreja que o Juliano frequenta. Sorte a nossa!!(risos)

Ai as coisas começaram a mudar em mim. Ele me tratava sempre com carinho, atenção, respeito e amor, me pediu meu telefone, conversamos e conversamos (risos), ele me chamou pra sair, e não deu para evitar aos poucos meu coração foi sendo tomado por um sentimento que eu ainda não havia experimentado. Eu nunca havia namorado antes, tinha um pouco de medo do meu pai, pois era muito bravo e eu a única filha mulher (risos). Inevitavelmente, me apaixonei e depois de muitas conversas, começamos a namorar.

 

Início do ano de 2012, conversamos e resolvemos que era o momento de darmos mais um passo na nossa relação. Nos amávamos com tamanha intensidade que não conseguíamos pensar em mais nada a não ser passar todo tempo juntos. Enfim, decidimos nos casar!

Entre nos começamos a projetar o ‘’Grande Dia’’, marcamos a data do casamento e naturalmente comecei a sonhar com os detalhes do tão esperado momento, sonhava com a decoração, o vestido, a viagem. Tudo! Compramos as alianças e estávamos ansiosos para o noivado.

Estava tudo perfeito, fluindo como esperávamos até o dia 08/05/2012, este seria o dia que colocaria uma pausa em nossos sonhos. Estávamos a 24h do pior momento de nossas vidas.

No dia 09/05/2012, acordei cedo pois tinha aula de direção estava tirando minha carta de motorista. Como de costume estava falando com o Juliano por ‘’SMS’’,  nos falamos por toda a manhã e estava tudo normal, até que ao 12:50h o Juliano não me respondeu mais, achei estranho, mas imaginei que estivesse ocupado! Passadas algumas horas e ele não respondia comecei a me preocupar e enviei outra mensagem, e outra, e outra, e não obtive resposta.

 

Aí começava nosso pesadelo!

 

Terminei a aula e dentro do ônibus voltando pra casa meu pai me ligou. Me falou de forma muito tranquila, que o Juliano havia sofrido um acidente de moto, tentou me deixar calma dizendo que não tinha sido nada grave, apenas alguns arranhões. Fiquei apreensiva e chegando em casa me dei conta que a história era outra. O acidente tinha sido grave! Minha mãe em lágrimas começou a me contar os detalhes. Ele estava de carona na moto que o irmão dele pilotava, Quando se chocaram na traseira de uma VAN, o irmão do Juliano (Jefferson) foi arremessado na grama e o Juliano ficou preso na moto e foi lançado para o outro lado da pista. Neste momento veio um ônibus e arrastou o Juliano com a moto, cerca de uns 36 metros a frente. Chegou ao hospital com o prognostico muito ruim.

 

Nossa história mudou abruptamente, como posso dizer, um giro de 180º graus. Fiquei sem sentir meus pés no chão, por uns instantes achei que era um sonho e logo ia acordar e tudo ia passar, mas não, era tudo realidade, foi horrível, recuperação dolorosa, passou por 4 cirurgias e o que nos entristeceu, foi que teve que amputar uma das pernas do Juliano, a perna esquerda. Houve momentos que achei que ele não ia suportar tudo isso, mas mais uma vez ele nos surpreendia a cada dia, Deus nos deu forças a cada dia, pois as vezes era difícil segurar as lagrimas perto dele, de ver ele as vezes chorar de tanta dor, mas Deus me deu força pra estar em todos os momentos e em todos os instantes do lado dele, ajudando, apoiando ele em tudo.

 

Amadurecemos bastante, tivemos muitos aprendizados, ficamos mais unidos e nosso amor ficou mais forte, pois se antes tínhamos alguma dúvida do nosso amor, hoje temos a certeza do amor que temos um pelo outro, o amor não é feito só de momentos bons, mas também em tempos difíceis, nos momentos em que mais precisamos e é ai que vemos o verdadeiro amor, e este amor que temos um pelo outro não vem de nós mesmo mas sim de Deus, mas temos que cultivar a cada dia pra nunca acabar, este amor tão puro que Deus colocou em nós. Houve momentos que ele me disse que não queria mais ficar comigo, talvez pelo fato de ter amputado a perna, de achar que sua vida tinha acabado ali, mas olhei bem nos olhos dele e disse…Amor eu estou contigo porque Eu Te Amo, pela pessoa que você é, e vamos continuar juntos e casarmos como sonhamos, e estamos aqui juntos e firmes até hoje graças a Deus. E agora estamos em busca de nosso sonho de casar, pois faz pouco tempo que voltamos a sonhar novamente e querer colocar em pratica, pois foi vários processos que passamos, de adaptação, de aceitação, mas nosso amor foi mais forte (risos), e se Deus quiser vamos realiza este sonho, que por algum tempo foi interrompido. 

 

‘’ O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.

 

TUDO SOFRE, TUDO CRÊ, TUDO ESPERA, TUDO SUPORTA, 1 Cor. 13:4-7″

 

Veja os clicks do evento. 

Fotos: Maira Scavacini

Comentários