Em jogo equilibrado, Vôlei Renata fica sem a vaga na Copa Brasil

Foto: Renato Araújo – Divulgação Sada Cruzeiro

 

O Vôlei Renata fez um grande jogo, mas ficou sem a vaga na próxima fase da Copa Brasil. Na noite desta terça-feira (09), o time campineiro jogou de igual contra o Sada/Cruzeiro e acabou superado por 3 a 2 (25/15; 24/26; 25/21; 25/22 e 15/9), no Ginásio do Riacho, em Contagem, na partida eliminatória pela primeira fase do torneio nacional.

Agora, o Vôlei Renata volta todas suas atenções para a Superliga Masculina. No próximo final de semana, os campineiros fazem duelo direto contra o Lebes/Canoas, às 18 horas, no Ginásio La Salle, no Rio Grande do Sul.

“Tivemos um primeiro set um pouco abaixo, mas conseguimos nos recuperar, manter a estratégia que esboçamos e equilibramos as ações. Pecamos no tiebreak, mas fizemos um grande jogo. Agora é descansar e já começar a pensar no final de semana. Teremos mais uma partida decisiva”, comentou o técnico Horacio Dileo.

O JOGO – Os dois times começaram arriscando no saque. Os mineiros, no entanto, erraram menos e aproveitaram para largar em vantagem. Apesar das tentativas de reação dos campineiros, os donos da casa saíram na frente: 25 a 15.

O Vôlei Renata voltou com tudo na segunda parcial e, logo de cara, abriu 6 a 2 após ace de Diogo. O time campineiro seguiu dominando o set, jogando com tranquilidade e rodando bolas importantes. Quando o ataque não funcionava, Vini aparecia no bloqueio pra garantir a vantagem (16 a 13). Os donos da casa reagiram, encostaram no placar, mas o block seguiu fazendo a diferença com Vissotto (20 a 18) e Salsa (22 a 19). Com a frieza característica, o oposto campineiro foi decisivo no ataque e marcou o ponto que garantiu a vitória dos visitantes no set: 26 a 24.

Novamente, os campineiros aproveitaram a boa sequência de Diogo pelo saque para largar em vantagem (6 a 3). Jogando com consistência, o Vôlei Renata impediu qualquer tentativa de aproximação celeste no placar. Mão fechou a porta de Leal e marcou 14 a 10. O saque também fez a diferença e fez os paulistas ampliarem a vantagem com destaque para Salsa e Vissotto. Desta forma, os comandos do técnico Horacio Dileo não tiveram problemas para fazer 25 a 21 e colocar 2 a 1 no placar.

O quarto set foi extremamente equilibrado. Do início ao fim, os times trocaram pontos e se revezaram na frente do placar. Na reta final, porém, os mineiros abriram vantagem (22 a 20) e fecharam a parcial por 25 a 22, forçando o tiebreak. Na quinta e decisiva parcial, os mineiros fizeram 15 a 9 e levaram o jogo.

VÔLEI RENATA
Rodriguinho, Vissotto, Tiago Mão, Diogo, Salsa, Vini e Santucci (líbero). Técnico – Horacio Dileo
Entraram: Renan e Krauchuk

Comentários