24Horas Esportes

Em Fortaleza, Vôlei Brasil Kirin termina com medalha de prata da Supercopa

Foto: LC Moreira/Inovafoto/CBV

O Vôlei Brasil Kirin saiu na frente, fez jogo duro contra o atual campeão mundial e terminou com a medalha de prata da Supercopa. Na noite deste sábado (29), apesar do bom desempenho, o time campineiro acabou superado pelo Sada/Cruzeiro, por 3 a 1 (18/25; 25/18; 25/21 e 25/20), no Centro de Formação Olímpica (CFO), em Fortaleza. “Sabíamos da eficiência deles e como seria difícil. O título não veio, mas saímos de cabeça erguida. Viemos para cá para tentar fazer um jogo equilibrado. Não abaixamos a guarda nenhuma hora e a vantagem que eles conseguiram durante o jogo foi por mérito deles. É claro que queríamos ter levado essa taça, mas saímos satisfeitos e animados para a sequência da temporada”, afirmou o ponta Ygor Ceará, que teve a oportunidade de jogar em sua cidade natal pela primeira vez.

O Vôlei Brasil Kirin volta às quadras contra Caramuru/Castro, no próximo sábado (05), às 18 horas, no Ginásio do Taquaral, em Campinas. Será a estreia campineira dentro de casa na Superliga. Assim como nas partidas da reta final do Campeonato Paulista e da estreia da Superliga, a comissão técnica do Vôlei Brasil Kirin usou uma camisa em alusão ao Outubro Rosa, mês de combate e prevenção do câncer de mama.

 

O JOGO – O Vôlei Brasil Kirin foi superior no primeiro set e conseguiu levar a melhor aproveitando o bom desempenho no saque. Após passagem de Vini pelo serviço, o time campineiro abriu três pontos de vantagem (14 a 11) e obrigou o adversário a pedir tempo. Os mineiros conseguiram buscar o placar, mas os comandados de Horacio Dileo voltaram a desgarrar. Rivaldo foi para o saque e dificultou a vida dos passadores adversários, trazendo a frente para quatro pontos (18 a 14). Rodriguinho anotou ace na reta final e os paulistas fecharam o primeiro set: 25 a 18. Na segunda parcial, os mineiros voltaram com uma nova postura e dificultaram o jogo campineiro. Sacando bem, o Vôlei Brasil Kirin cresceu na inversão do 5-1 com as entradas de Jotinha e Bruno Temponi, mas seguiu atrás no marcador (14 a 10). Mesmo com a grande quantidade de erros do rival, o time campineiro não conseguiu encostar. Desta forma, os cruzeirenses empataram ao fecharem o set por 25 a 18.

Rodriguinho começou o terceiro set com ace. O acerto contagiou o início de parcial do Vôlei Brasil Kirin. Rivaldo fechou a porta do ataque adversário pela saída de rede, depois voou para aproveitar levantamento com uma das mãos, mantendo o time campineiro na frente (6 a 4). A parcial seguiu equilibrada, com os dois ataques funcionando bem. Os mineiros, no entanto, se aproveitaram dos erros campineiros na virada de bola e abriram vantagem. Na reta final, porém, o paredão campineiro apareceu com dois pontos em sequência, mas o time de Minas fechou a parcial: 25 a 21

O bloqueio começou forte e o Vôlei Brasil Kirin novamente começou o set em bom ritmo. Os campineiros mostraram boa desenvoltura no ataque, ora com Diogo, ora com o oposto Rivaldo e trocaram pontos com o Cruzeiro durante boa parte do quarto período. Na reta final, o time mineiro encaixou boa sequência de saques, abriu vantagem, fechou a quarta parcial por 25 a 20 e o jogo por 3 a 1.

VÔLEI BRASIL KIRIN Rodriguinho, Rivaldo, Ygor Ceará, Diogo, Maurício Souza, Vini e Tiago Brendle (líbero). Técnico – Horacio Dileo Entraram: Jotinha, Temponi e Matheus

 

 

SOBRE O VÔLEI BRASIL KIRIN

O projeto de vôlei masculino em Campinas nasceu em 2010 e desde 2013 conta com a parceria da Brasil Kirin. O time é vice-campeão da Superliga Masculina e da Copa Brasil. Além do vôlei de alta performance, o projeto conta com uma forte atuação social, com destaque para a parceria com o Instituto Compartilhar, que atualmente possui 7 núcleos, atendendo cerca de 620 crianças e adolescentes do ensino municipal com aulas de mini-vôlei no contra turno escolar, na própria escola. Ainda, as categorias de base da equipe são um reconhecido celeiro de atletas, que coleciona títulos e está sempre presente na Seleção Brasileira. As peneiras no Taquaral, sempre realizadas no fim do ano, estão entre as mais concorridas do Brasil.

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br