Brasil / Mundo

Eleitores do DF poderão denunciar crimes eleitorais via WhatsApp

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) vai disponibilizar um canal de comunicação para que pessoas possam fazer denúncias a apontar crimes eleitorais no dia da votação do segundo turno, no próximo domingo (28). As reclamações devem ser relativas apenas a casos ocorridos no DF.

Entre as práticas que poderão ser denunciadas estão compra de votos, transporte irregular de eleitores, coação, abuso de poder e propaganda eleitoral irregular. Além de denunciar, os eleitores também poderão, pelo número (61) 99291 5943, tirar dúvidas sobre o que pode configurar crime eleitoral. O número ficará disponível das 7h30 às 18h30.

Até sábado (27), o canal para envio de denúncias é o aplicativo desenvolvido pelo Ministério Público – Eleições 2018 Denuncie Aqui. Para fazê-lo o eleitor deve baixar o aplicativo nas lojas virtuais (como Play Store e Apple Store). O aplicativo disponibiliza um formulário para registrar a denúncia, inclusive com fotos e vídeos.

O MPDFT também preparou uma cartilha com informações sobre o que pode e o que não pode na disputa eleitoral. O documento orienta o eleitor a identificar possíveis irregularidades para qualificar as denúncias.

Veja a íntegra do documento aqui.

 

Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br