RMC 

Edital do governo federal prevê 9 médicos para Nova Odessa

Edital publicado no Diário Oficial da União de terça-feira (20) prevê 9 vagas para Nova Odessa dentro do programa “Mais Médicos”, em substituição aos profissionais cubanos que estão deixando o País. Na semana passada, quando a medida foi anunciada pelo governo de Cuba, o secretário de Saúde de Nova Odessa, Vanderlei Cocato, lamentou o fato, mas afirmou que a pasta já estava se programando para evitar que a população sofresse qualquer prejuízo e não descartava a contratação de médicos pelo regime RPA (Registro de Pagamento Autônomo). Agora, diante da notícia de que os médicos devem iniciar as atividades nos municípios a partir de 3 de dezembro (a data-limite é 7 de dezembro), Cocato disse que será possível aguardar a vinda destes profissionais apenas com remanejamento na rede.

“Num primeiro momento, ficamos bastante preocupados, pois haveria um prejuízo grande para Nova Odessa com a saída das oito médicas cubanas que atendiam na cidade. Agora, porém, veio o rápido lançamento do edital por parte do governo federal, o que nos deixa bem mais aliviados, inclusive, com uma vaga a mais”, comentou o secretário de Saúde. As vagas, abertas para substituir médicos cubanos, são para profissionais brasileiros e estrangeiros que tenham registro no CRM do Brasil.

EDITAL. As inscrições foram abertas nesta quarta-feira, dia 21 de novembro, e vão até as 23h59 do domingo, dia 25, e deverão ser feitas pelo site maismedicos.gov.br. Se houver vagas remanescentes, um segundo edital será lançado em 27 de novembro com vagas para brasileiros formados no exterior e estrangeiros. O salário é de R$ 11.800,00.

Comentários
Compartilhar

Leia também...