Saúde

Dormir pode causar rugas. O que fazer para atenuá-las?

 Dermatologista Larissa Viana confere uma série de sugestões para evitar as chamadas rugas do sono

 

Dormir é uma necessidade fisiológica fundamental para repor as energias, todavia pode contribuir para a formação de rugas. De acordo a dermatologista Dra. Larissa Viana, as sleep line  ou rugas do sono, são provocadas por um motivo que pode parecer estranho. O modo com que o rosto entra em contato com as fronhas de algodão ou travesseiros permitem maior compressão da pele e isso pode levar a criação destas linhas.

“As rugas são causadas pela perda de colágeno e elasticidade, com redução do volume da pele. Entretanto, aplicar uma pressão repetida (como, por exemplo, dormir com o lado do rosto em um travesseiro) pode provocar um dano ao colágeno e promover sua quebra, o que leva eventualmente às linhas de expressão visíveis. As rugas do sono se desenvolvem conforme a posição do sono e no local de maior condensação do músculo facial”, explica a médica.

Há algumas posições que ajudam evitar as rugas. Dormir de barriga para cima é o ideal, no entanto, não é fácil mudar os padrões do sono. “A posição supina pode ser perfeita para a estética facial, mas pode agravar condições como apneia, refluxo gastresofágico e ronco severo. Hoje, existem almofadas que são projetadas para minimizar a deformação facial durante o sono, além de vários travesseiros visco elásticos que exercem menor pressão contra a pele, evitando assim o afundamento da face no travesseiro e maior compressão”, ressalta a dermatologista.

A fronha também é de importância ímpar. O algodão, geralmente utilizado, é um tecido mais grosseiro e promove um maior atrito na pele, o que facilita a formação das linhas. Até o atrito contra o cabelo é maior na fronha de algodão. “As fronhas de cetim ou de seda são as melhores para evitar o atrito e as linhas de expressão ao acordar”, conclui a especialista.

Ademais, há estudos que comprovam que as fronhas de cetim, acrescidas em fábrica de óxido de cobre em suas fibras, estimulam as atividades regenerativas naturais da pele e a produção de colágeno. Uma dica importante: massagear levemente a face pela manhã, ajuda na drenagem do local e pode minimizar os efeitos da noite. Exercitar-se logo cedo também estimula o processo circulatório e minimiza a redução da drenagem corporal durante o sono.

 

Dra. Larissa Viana – médica dermatologista:  Graduada pela PUC-SP, a médica Larissa Viana é integrante da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), do Congresso Iberolatinoamericano e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). Com especialização em laser e cosmiatria, Larissa Viana pode atender pautas sobre saúde da pele, prevenção e tratamentos em doenças como melasma, escabiose, dermatites, câncer de pele, além de problemas como acne, unhas frágeis, entre outros assuntos.   http://larissaviana.com.br/a-clinica

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br