DAE retoma as trocas dos hidrômetros nesta sexta, dia 18

2

Foto: DAE/Divulgação

 

Dando continuidade no Programa de Combate às Perdas Hídricas e Racionalização de Recursos, o DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Santa Bárbara d’Oeste reinicia a sequência da troca programada dos hidrômetros com mais de cinco anos de uso, conforme recomendação técnica, sem custos para os proprietários dos imóveis relacionados no sistema da autarquia.

A 1ª etapa dos serviços iniciou-se em setembro de 2010. Na época, através de licitação, o departamento solicitou a compra de 25 mil hidrômetros; desses, 17.515 foram substituídos até o encerramento do contrato em setembro do ano passado, com um custo de R$ 824.474,62 aos cofres públicos. Com um novo contrato assinado em 11 de julho de 2012 – Pregão Presencial nº 07/12 – o DAE fez a aquisição de mais 20 mil medidores ao custo total de R$ 1.134.300,00 e, num primeiro momento, o departamento já tem em mãos 5 mil hidrômetros para o início das trocas nesta sexta-feira (18). A empresa ganhadora da licitação é a Itron Soluções para Energia e Água Ltda., de Campinas, e os pagamentos são efetuados pelo DAE conforme a demanda.

De quando começou este serviço (set/2010), para os dias atuais, 2.227 ligações novas de água foram feitas neste período, chegando ao número total de hidrômetros no município de 58.771 até dezembro de 2012, entre pequenos e grandes consumidores. “A estimativa é que o DAE mantenha a média de 600 medidores trocados no mês, seguindo os números da 1ª etapa dos serviços. Vale lembrar que é uma troca por tempo de uso, por isso, não será cobrado dos munícipes”, aponta o chefe de departamento administrativo/fiscalização, Flamarion Stéfano Cabral.

O diretor-superintendente do DAE, Wilson Scarazzatti, comenta que todo equipamento sofre desgastes na sua vida útil. Com os medidores de água não é diferente. “Após 5 anos os hidrômetros já não correspondem 100% do seu funcionamento, não registrando o consumo real da água que passa pelo seu mecanismo, onerando o DAE pelas perdas na distribuição da água que acaba refletindo na população. Com isso, podemos ter o controle na racionalização dos recursos”, disse. E concluiu o diretor: “a qualidade dos hidrômetros é aprovada pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial), com cada aparelho tendo o selo daquele órgão”.

Fonte: DAE SBO

Comentários

Notícias Relacionadas

Na Alemanha, prefeito Denis Andia conhece técnicas... O prefeito de Santa Bárbara d’Oeste Denis Andia segue na Alemanha, onde participa do Programa de Cooperação Técnica para Gerenciamento Integrado dos R...
Presidente da IBE-FGV recebe homenagem na Câmara M... Heliomar Quaresma é reconhecido pela preocupação da instituição com a formação ética e humana dos profissionais Heliomar Quaresma recebe o certific...
Pode vir médico até da China que a gente recebe de... Municípios rejeitados por brasileiros dizem aguardar com ansiedade a chegada dos profissionais de outros países Os prefeitos dos municípios que f...
Virada Cultural Paulista 2014 será realizada em S.... A Virada Cultural Paulista 2014 está confirmada em Santa Bárbara d’Oeste. O prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Denis Andia, anunciou nesta sexta-f...