Consumidores devem ficar atentos a sites de compras

O número de pessoas que compram online mensalmente já superou o dos que consomem em lojas físicas. É o que mostra o levantamento Total Retail 2016, da PwC. De acordo com a pesquisa, que entrevistou mil pessoas, 38,2% dos brasileiros têm o hábito de fazer compras online todos os meses contra 30,9% que declaram comprar em lojas físicas com a mesma frequência. Porém, nem todos os sites são confiáveis e seguros para efetuar compras. O Procon de Americana dá algumas dicas para os consumidores não caírem em golpes pela internet.

Para realizar uma compra segura e receber o produto esperado em casa, é preciso desconfiar de preço muito abaixo do mercado, é importante sempre comparar se os valores estão semelhantes entre os concorrentes estão semelhantes. Verificar se consta CNPJ da empresa e telefone no rodapé do site, a checagem destas informações irá mostrar se a empresa é verdadeira. Se informar se o site tem SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) e checar se a forma de pagamento é feita somente através de boletos também são informações importantes para fazer a compra no site.

Para ajudar os consumidores, a Fundação Procon divulgou uma lista com mais de 500 websites que as pessoas devem evitar. Para saber quais são, acesse: http://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php.

 

Unidade de imprensa – Procon

Comentários